Resolução de Ano Novo: Dieta! ;) [Salada de quinoa com aspargos frescos e burrata Tuttolatte]

Entra ano, sai ano e a dieta é a primeira resolução de Ano Novo que está no nosso caderninho. É o que nos move. É o que nos dá força para comer sem culpa durante as Festas de Final de Ano. Saber que sempre haverá uma segunda-feira no Novo Ano para começarmos a dieta.

E nada melhor que começar esta dieta comendo muito bem, de maneira saudável, deliciosa e refrescante. Ainda mais por aqui, nos trópicos onde a temperatura nesta época do ano beira os 40 graus. Por isso a primeira receita do ano não poderia deixar de ser uma salada cheia de sabor que nutre o nosso corpo e alivia a nossa mente!

Feliz Ano Novo!

Salada de quinoa com aspargos frescos e burrata Tuttolatte (Serve 2)

Receita da Chef Carla Elage

Foto: Cristiano Lopes

Foto: Cristiano Lopes

Ingredientes:

1 xícara  de chá de quinoa real
3 xícaras de chá de água
1 colher de sopa de 1 cebola processada com 2 dentes de alho
Sal a gosto
1 maço de aspargos verdes (ou vagem)
1 xícara chá de damasco picado
2 colheres de sopa de hortelã picado
2 colheres sopa de salsa picada
suco de 1 limão tahiti espremido
1 colher de sopa de azeite extra virgem
Sal marinho a gosto
Pimenta a gosto
2 burratas Tuttolatte
1 xícara de chá de tomate cereja cortado ao meio

Modo de Preparo:

Em uma panela, coloque para ferver a água com a cebola e alho processados.
Quando abrir fervura, coloque a quinoa, abaixe bem o fogo e deixe cozinhar até secar.
Transfira para um refratário, deixe esfriar (pode ser na geladeira).
Aspargos: se necessário descasque o final dos aspargos para retirar as fibras.
Corte-os em 3 partes iguais.
Coloque 1 litro de água para ferver com sal e coloque os aspargos para branquear por 3 minutos.
Escorra, coloque em uma tigela com agua e gelo para parar o cozimento. Escorra e reserve.
Pique os damascos e pedaços pequenos
Quando a quinoa estiver fria, adicione os damascos, salsinha e hortelã. Tempere com o azeite, limão, acerte o sal e a pimento ralada na hora.

Montagem:
Em uma travessa ou pratos individuais ou taças, coloque a quinoa, por cima os aspargos, tomatinhos, folhas de hortelã, finalmente a burrata.
Regue azeite sobre a burrata e finalize com pimenta negra ralada na hora.

Foto: Cristiano Lopes

Foto: Cristiano Lopes

#ColetivoGastronômico [Granita de Figos e Vinho do Porto]

Ufa! Mas está quente por aqui em minha gente? Acho que é o verão mais quente que eu me lembre…

Pensando nessa onda de calor o #ColetivoGastronômico deste mês não poderia ser melhor! Sobremesas geladas. Por mim, eu chuparia gelo com caldinha de caramelo kkkkk

Até que a idéia não era de toda ruim. Assim fui pensar em algo que pudesse ser um gelinho docinho e refrescante! Não sou muito fã de fazer sorvetes em casa pois não tenho sorveteira e as receitas que testei ainda não deram muito certo. Exceto por uma uma receita infalível de semifreddo da Nigella. Qualquer hora posto ela aqui.

Quando comentei com meu marido a sobremesa que faria ele disse: “E alguém precisa de receita de raspadinha?”. Juro que fiquei magoada. Ele pisou no meu calo!…

Figo é minha fruta preferida. Amo figos assados com mel, porto e mascarpone. Plim! Uma ideia. Por que não, ao invés de assados, não servir figos congelados?

Taí. Quero ver você chamar esta sobremesa deliciosa, refrescante e requintada de raspadinha, Sr. Marido!!! 😉

Granita de Figos e Vinho do Porto com Mascarpone (Serve 4)

De raspadinha a sobremesa requintada num piscar de olhos ;)

De raspadinha a sobremesa requintada num piscar de olhos 😉

Ingredientes:

8 figos frescos bem maduros

1/3 de xícara de açucar demerara

1 raminho de tomilho limão

4 colheres de vinho do porto (ou qualquer outro vinho de sobremesa)

raspas e suco de 1 limão

queijo mascarpone (para servir)

mel (para servir)

Folhinhas de tomilho limão (para servir)

A notícia de que o verão chegou!

A notícia de que o verão chegou!

Modo de Preparo:

Lave bem e corte os talinhos dos figos. Corte-os em 4 e coloque em uma panela. Acrescente o açucar e o raminho de tomilho e leve para cozinhar em fogo muito baixo. Após 10 minutos os figos deverão estar bem macios e ter soltado bastante líquido. Junte o vinho, as raspas e suco de limão e aumente o fogo e deixe ferver por 1 minuto apenas para evaporar o alcool.

Neste ponto pode até virar compota!!

Neste ponto pode até virar compota!!

Desligue o fogo e retire o raminho de tomilho. Experimente o purê, pois se os figos não estiverem bem maduros talvez você queira adicionar um pouco mais de açucar ou mel. Se for utilizar açucar faça-o com xarope. Explico nas DICAS deste post como fazer..

Coloque os figos já cozidos em um processador de alimentos ou com o mixer, faça um purê bem lisinho com os figos. Coloque em um recipiente raso que possa ir ao freezer. Quanto mais raso melhor, pois congelará mais rapidamente.

Após 2 horas verifique a textura e raspe com um garfo para fazer a sua “raspadinha”. Misture e volte ao freezer por mais 2 horas. Repita o procedimento de raspar.

Caso não tenha máquina de sorvete, o garfo é o grande aliado.

Caso não tenha máquina de sorvete, o garfo é o grande aliado.

Coloque em tacinhas. Eu usei mini taças de martini que acho muito charmosas. Acrescente 1 colherada de queijo mascarpone e um fio de mel. Polvilhe com as folhinhas de tomilho limão.

Refresque-se elegantemente! 😉

Desfrute do verão com esta deliciosa sobremesa.

Desfrute do verão com esta elegante sobremesa.

DICAS:

  1. Caso você não encontre tomilho limão, ou não goste, pode substituir por alecrim ou lavanda;
  2. Se os figos estiverem mais secos e menos suculento, talvez seja necessário acrescentar um pouquinho de água quando for processá-los.

E como todo mês, aqui estão as deliciosas receitas de sobremesas geladas do #ColetivoGastronômico:

Como não se refrescar neste verão?!?!

Como não se refrescar neste verão?!?!

Na Boroskinha – Musse light de Graviola com Calda de Melancia

Pimenta na Cozinha – Taça de Creme de Gemas e Leite de Coco

Brie com Goiabada – Pirulitos de Sorvete

O que temos hoje, Elisa? – Pavê de Cookies

Panela e Paixão – Pavê de Banana com Chocolate no copinho

Cozinha da Gertrudes – Romeu e Julieta

 

 

 

Coletivo de Verão [Espetinho de Frango na Canela]

Quando eu penso em comidas de verão não penso logo de cara em saladas. Por aqui, salada é defaut. Faça chuva ou faça sol, frio ou calor, nosso prato de salada sempre está na mesa.

Para mim, comida de verão, ou melhor, comida para se comer no verão, me lembra algo como férias, praia, piscina, comer com as mãos… Petiscar, talvez seja a palavra que estou procurando. Adoro comer ao ar livre, mais à vontade, sem tantas formalidades. A comida de verão também conota algo que pode ser comido frio, sem pressa, como num piquenique.

Pensando nisso para o post do mês #ColetivoGastronômico, cujo tema é Comida de Verão fugi um pouco da tradicional salada (!) e resolvi preparar uma finger food que fez o maior sucesso quando postei a foto no Instagram. A receita é muito fácil e leva apenas alguns ingredientes, mas tem um charme incomparável! Veja se não tenho razão? 😉

Espetinhos de Frango na Canela (Serve 6)

Quente ou frio esta receita é uma deliciosa pedida para o verão!

Quente ou frio esta receita é uma deliciosa pedida para o verão!

Ingredientes

2 peitos de frango sem pele e sem osso, de preferência orgânicos, cortados em cubos de aproximadamente 3cm

24 pauzinhos de canela os mais finos que conseguir (ou cartados ao meio no sentido do comprimento)

1 colher de sopa de mel

2 colheres de sopa de molho de soja

2 colheres de sopa de gergelim torrado

2 cebolinhas fatiadas finamente

1 limão tahiti cortado em 4

E o charme destes espetinhos de canela? Além da beleza enchem o frango de sabor!

E o charme destes espetinhos de canela? Além da beleza enchem o frango de sabor!

Modo de Preparo

Pre aqueça o forno a 220 graus.

Misture o mel e o molho de soja até dissolver.

Se os paus de canela forem muito grossos, use um espeto de madeira ou mesmo a ponta de uma faca para fazer um furo no centro do cubo do frango para facilitar colocar o pau de canela. Coloque o pauzinho de canela em cada cubo de frango certificando-se de que atravessou o pedaço. O frango irá encolher ao assar e poderá “soltar” da canela.

Marinada de apenas 2 ingredientes e já!

Marinada de apenas 2 ingredientes e já!

Passe cada pedaço de frango pelo molho de mel e shoyo e coloque em uma forma forrada com papel manteiga. Leve ao forno e asse por 20 minutos virando os espetinhos na metade do tempo. Se o seu forno tiver a opção grill utilize-as nos 5 minutos finais para dar uma tostadinha. Você também poderá fazer estes espetinhos na frigideira (mais sujeira!) ou na churrasqueira (ideal!).

Após assados, coloque em um prato de serviço e polvilhe com as sementes de gergelim e espalhe as cebolinhas. Sirva com o limãozinho e uma deliciosa e refrescante taça de vinho branco!

Para acompanhar faça barquinhas de salsão recheadas de creme de gorgonzola e nozes. E finalize com espetinhos de frutas. Curta o seu Verão!

Acompanhamento delicioso para uma refeição de verão

Acompanhamento delicioso para uma refeição de verão

E no tema dos espetinhos...

Ainda no tema dos espetinhos…

DICAS:

  1. Esta marinada é apenas uma sugestão, mas você poderá usar lemmon pepper, mostarda, mel e limão siciliano, pimenta síria e óleo de gergelim…
  2. Eu já fiz esta receita como prato principal. Fica lindo servido no prato. Mas é preciso um pau de canela de, no mínimo 20 cm. Na zona cerealista, em São Paulo, e em algumas feiras livres é possível encontrar.

E se você gostou desta receita veja só o que o pessoal do #ColetivoGastronômico também preparou

IMG-20160119-WA0000

Coletivo de Verão

Cozinha Autoral – Chapatis

Panela e Paixão – Pudim de Coco com Calda de Frutas Vermelhas

Mosaico de Receitas – Risoto de Limão Siciliano

Brie com Goiabada – Lassi de Manga e Frapuccino para o Verão

Na Boroskinha – Taboule Doce

Minha Marmita Tem – Rolinhos de Abobrinha

Menos É mais [Spaghetti alho e óleo com camarões ao limão siciliano]

Sempre ouvimos que menos é mais. Na moda, na decoração, no estilo de vida e na culinária. Eu sempre digo. E acrescento a esta máxima que os ingredientes frescos darão o toque mais, neste menos.

Gosto também de dizer que ninguém consegue melhorar um ingredientes ruim – bem… verdade seja dita que a recíproca não é verdadeira: muita gente pode estragar um ingrediente bom! 😉

Esta receita de hoje é a prova de quem com menos e bons ingredientes é possível fazer uma refeição digna de restaurantes que cobram mais de R$ 100,00 por um prato por bem menos e em 10 minutos. Não acredita? Continue lendo!

A primeira vez que fiz este prato foi ainda em Londres, num delicioso final de tarde de verão, daqueles quentes e cheio de sol, ainda as 7 da noite. Tinha conseguido uns camarões maravilhosos do peixeiro do bairro e queria fazê-los da forma mais simples possível, para preservar todo o ser frescor e sabor. Quase nada: azeite, alho e um pouco de limão siciliano. Eu ainda incrementei com uma pimentinha dedo de moça, pois não resisto ao seu ardor e sabor. E como era hora do jantar, servi sobre um pouco de linguini. Pronto. Assim nasceu um dos pratos mais requisitados por aqui!

Spaghetti Aglio e Olio com Camarões ao Limão Siciliano (Serve 4)

Menos é definitivamente muito mais!

Menos é definitivamente muito mais!

Ingredientes:

300gr de spaghetti de boa qualidade

1/2 xícara de azeite de oliva extra virgem

500gr de camarões (eu usei o camarão 21/25 e comprei 8 camarões jumbo para “enfeitar”)

4 dentes de alho fatiados

2 pimentas dedo de moça fatiadas

2 limões siciliano, suco e raspas

Sal e pimenta do reino moída na hora, a gosto

Folhas de manjericão

Peça para o seu peixeiro limpas os camarões mas guarde as cascas para um bisque ou um caldo para risoto.

Peça para o seu peixeiro limpar os camarões mas guarde as cascas para um bisque ou um caldo para risoto.

Sempre retire o tripa que fica na parte de cima dos camarões. Quase imperceptível, mas esta membrana deixa um gostinho amargo no preparo.

Sempre retire o tripa que fica na parte de cima dos camarões. Quase imperceptível, mas esta membrana deixa um gostinho amargo no preparo.

Muuuuita pimenta!

Muuuuita pimenta!

Modo de Preparo:

Coloque uma panela com água e sal para ferver. Eu uso a proporção de 1litro de água para cada 100gr de pasta e 10g para de sal. Assim que ferver, coloque o spaghetti para cozinhar. O tempo do meu é de 8 minutos. O tempo certo de preparo do molho!

Em uma wok, ou frigideira grande, aqueça metade do azeite. Acrescente os dentes de alho e a pimenta e doure, sem deixar queimar. Adicione os camarões e cozinhe em fogo alto por 5 minutos, virando na matade do tempo.

Se usar camarões de tamanhos diferentes, cozinhe primeiro os maiores e depois adicione os menores para que cozinhem por igual.

Se usar camarões de tamanhos diferentes, cozinhe primeiro os maiores e depois adicione os menores para que cozinhem por igual.

Assim que a pasta estiver cozida al dente, escorra, jogue na wok e mexa, juntamente com os camarões para incorporar o sabor. Acrescente o suco do limão e as raspas e tempere com sal e pimenta a gosto. Por último rasgue algumas folhas de manjericão sobre a massa

Tudo junto e misturado para incorporar os sabores.

Tudo junto, misturado e muito fresco para incorporar os sabores.

Antes de servir regue com o restante do azeite. Sirva imediatamente. Eu servi sobre umas folhas de rúcula que estavam murchando na minha geladeira. Foi um toque a mais. Mas este mais não prejudicou em nada! 😉

DICAS:

  1. Qualquer pasta longa vale neste prato. Mas não recomendo pastas curtas e grossas, como penne ou zitti. Estas são ideais com molhos encorpados.
  2. Caso não coma camarão, anéis de lula também ficam deliciosos nesta preparação.
  3. E não se esqueça de guardar as cascas do camarão para fazer um delicioso caldo (a dica de como prepará-lo está aqui)
Menos é definitivamente muito mais!

Menos é definitivamente muito mais!

Acompanhamos este delicioso almoço de final de verão, oops, inverno por aqui, com um maravilhoso Antinori. Perfeito!

Acompanhamos este delicioso almoço de final de verão, oops, inverno por aqui, com um maravilhoso Antinori. Perfeito!

A vida pode ser efêmera, mas os momentos são permanentes!

O dia poderia ter sido um completo caos. Mas eu escolhi que não o fosse.

A 1:27h da manhã um barulho me acordou assustada. Achei que fosse um acidente de carro, um capotamento ou até mesmo uma explosão. Foi mais uma árvore que não resistiu e dasabou em cima da guarita de segurança do prédio vizinho, dos cabos de energia elétrica, estourando o transformador. Por sorte nenhum ferido. Não consegui mais dormir. A efemeridade da vida ficou rondando meus pensamentos entre um cochilo e outro. Acordei várias vezes sempre pensando que em algum momento este acidente poderia estar envolvido com a minha vida. Ou com a vida de qualquer um. Quantos de nós não andam pela cidade cheia de árvores condenadas? Percebi que não são só elas que estão condenadas… Peguei no sono e outro cochilo.

Sem energia elétrica e com pequeno fluxo de água em casa sabia que meu destino seria passar o dia fora. Não arriscaria ter que subir e descer 180 degraus de escada e ficar suando. Já corro meus 5km diários para me manter em forma! Arrumei a mochila, como se fosse a um acampamento e lá fui eu. Banho no clube, almoço na escola, cafezinho na padoca, internet na sorveteria, fila no cartório eleitoral para resolver as pendências com o TSE, mas as horas não passavam. Resolvi caminhar mais, pensar na vida e como somos fáceis de adaptações, mas ao mesmo tempo resistentes a mudanças. Eu estava vivendo um dia totalmente atípico, mas até aqui estava tudo correndo bem, sem maiores divergências da minha vida diária… Só estava triste de não estar em casa para testar um montão de receitas que tinha me programado para fazer.

Nesta caminhada fiquei sedenta e encontrei um lugarzinho para sentar e tomar uma água. Quando estamos de bem com a vida ela nos presenteia com algo mais. Avisei ao garçom que só queria uma água e se poderia me sentar já que o serviço do almoço estava chegando ao final. Muito gentilmente ele me ofereceu uma mesinha debaixo de uma árvore e sugeriu umas águas aromatizadas, muito refrescantes. Eu escolhi a água de framboesas e menta. A cada gole, percebi que não, o acidente de ontem não poderia ter acontecido comigo. A efemeridade da vida é para aqueles que não vivem intensamente como se ela não fosse passageira. E é vivendo nesta intensidade que ela se torna duradoura, quase permanente. Enquanto dure!…

Ao pagar a conta pedi ao garçom se seria possível a receita desta água para colocar no blog. Alguns minutos depois o chef apareceu carregando uma bandeja com duas outras águas e as receitas, muito simples, destas bebidas refrescantes e a senha do wi-fi para que eu pudesse, agora mesmo, postar esta história.

O dia ainda não acabou, mas o frescor desta tarde já fez valer ter vivido até aqui.

Chá Branco com limão siciliano e manjericão (faz 1 litro)

Drinks_Fotor

Ingredientes:

1 litro de agua mineral

2 colheres de sopa de chá branco

1 limão siciliano cortado em rodelas

1 raminho de manjericão anão

1/2 pepino cortado em rodelas

Modo de Preparo:

Coloque a água para ferver e, antes de surgirem as primeiras bolhas, apague o fogo. Acrescente a erva e abafe por cinco minutos. Coe. Deixe esfriar e coloque os demais ingredientes. Guarde na geladeira e consuma em até 24 horas após o preparo.  Depois disso, os princípios ativos do chá perdem a eficácia. O ideal é não adoçar. Mas, se preferir, use 1 colher de chá de mel para uma xícara.

Chá de Hortelã com framboesas (faz 1 litro)

Ingredientes:

1 litro de agua mineral

1 saquinho de chá de hortelã

1 xícara de framboesas

1 raminho de hortelã fresca

Modo de Preparo:

Coloque a água para ferver e, antes de surgirem as primeiras bolhas, apague o fogo. Acrescente o chá e deixe em infusão por 30 minutos. Deixe esfriar e coloque os demais ingredientes. Guarde na geladeira e consuma em até 2 dias após o preparo.  O ideal é não adoçar. Mas, se preferir, use 1 colher de chá de mel para cada copo de chá pronto.

Água de Coco – Será que precisa de receita? (faz 1 litro)

Ingredientes:

1 litro de água de coco natural

Pedaços de coco fresco

Modo de Preparo:

Misture todos os ingredientes e deixe refrescar na geladeira, por 30 minutos antes de servir.

DICAS:

  1. Todas estas receitas podem ser feitas com água mineral;
  2. Se for usar chá, prefira os sem cafeína para reposição dos sais minerais, tais como erva-cidreira, camomila, erva-doce, melissa, laranjeira, maracujá.