Feliz Dia de Reis

Feliz 2015!

Tanti Auguri!

Uma das minhas resoluções para 2015 era tentar levar a vida mais light. Curtir cada momento como eles chegam até mim. Por exemplo: estou de férias, então deveria manter o “trabalho” ao mínimo. Mas como fazer um blog de uma pessoa só? Nas férias ele fica aqui, abandonado?

Então vamos encarar este post de hoje como algo mais forte que o trabalho. Uma vontade incontrolável de escrever – até porque tenho muita pauta: a Mostra FOOD que foi incrível, um jantar espetacular no El Brellin, comidinhas por aí…

E por ser hoje o Dia de Reis, uma data um tanto quanto esquecida e mal comemorada por nós brasileiros, me peguei pensando porque não colocar uma receita para celebrá-lo. Passei a admirar mais esta data quando morei no México. Por lá, é hoje o dia que as crianças ganham presentes. Afinal, o Natal é para celebrar o nascimento de Cristo e no dia de hoje ele recebe os presentes dos Reis Magos. Faz todo o sentido… E a Rosca de Reis é o ápice. Já falei desta festividade aqui e sua continuação até o dia da Candelária… Vale a pena a leitura.

Mas voltando ao Dia de Reis, e como estou na Itália resolvi colocar aqui uma receita que já fiz muitas vezes e hoje tive a deliciosa satisfação de comê-la, ainda quente, no café da manhã com um delicioso cappuccino. Na verdade, essa torta de ricota e maçãs é uma excelente sobremesa para qualquer data do ano!

A receita original eu retirei de um site que adoro, Food52. Mas aos poucos fui alterando até chegar nesta, que para mim é a perfeita: cremosa, pouco doce e pungente!

Torta de Ricota com “compota de maçã” (serve 8)

Morna com cappuccino...

Morna com cappuccino… E única foto antes de ser devorada!!!

Ingredientes:

Para a massa, a nossa velha e já decorada receita de massa para torta doces .

Para o recheio:

500g de ricota.

40gr de açúcar

2 ovos

1 gema

Raspas da casca de 1/2 laranja

1 cálice de rum

1 maçã verde, sem casca, ralada

Açúcar de confeiteiro para polvilhar, opcional

Modo de Preparo:

Após preparar a massa, não precisa pré assa-la, pois assará juntamente com o recheio. Reserve na geladeira.

Aqueça o forno a 180 graus.

Na batedeira, coloque a ricota e o açúcar. Bata em velocidade média até que fique homogêneo. Adicione os ovos, um a um, e a gema. Continue batendo e junte as raspas da casca de laranja e o rum até obter um creme leve e espumoso.

Sobre a massa espalhe a maçã ralada (quando assar ficará uma “compotinha!) e, cuidadosamente, sobre a maçã coloque o creme de ricota.

Leve a torta para assar em forno pre aquecido a 180 graus por 40 minutos ou até que a superfície da torta esteja dourada. Faça o teste do palito. Deixe esfriar sobre uma gradinha.

Eu gosto desta torta morna, mas ela ficará mais firme se esfriar completamente.

Se quiser polvilhe açúcar de confeiteiro antes de servir.

Dê a primeira garfada e agradeça aos Reis por este presente maravilhoso! 😉

DICAS:

  1. Se você gostar, pode-se polvilhar canela sobre a torta.
  2. Outras frutas também poderão ser usadas para fazer a “compotinha” do fundo – pêssegos, ameixas, ou mesmo pera!
  3. Uvas passas podem ser adicionadas ao creme de ricota. Neste caso omita a fruta.

Gnocchi alla Romana

Mais uma vez o dia 29 vem chegando (como em todos os meses!!!) e os mais supersticiosos querem comer o Nhoque da Fortuna!

E prá vocês que já experimentaram a outra receita maravilhosa postada aqui no blog tenho uma grande surpresa. Bom, pelo menos para mim foi. Fui “apresentada” para os Gnocchi alla Romana.

Uma amiga argentina, a Violeta, que hoje, depois que a Ana Paula se foi, é a minha melhor cliente, me pediu para preparar estes nhoques. Nunca tinha ouvido falar nesta preparação que, ao invés de batatas é feito de semolina. Fui dar uma fuçada na internet pois fiquei um pouco desconfiada de que este prato fosse uma invenção argentina, com todo aquele sotaque italiano que nossos hermanos gostam de  ter. E não é que encontrei várias receitas autênticas italianas deste gnocchi? Eu é que estava desinformada!

Como toda a pasta na Itália, existem variações e formatos quase incalculáveis, assim acontece com o nhoque. Esta preparação está mais perto de uma polenta pelo método de cocção, mas é feita com semolina e não fubá. E leva este mesmo nome, pois a palavra gnocco (gnocchi no singular) que significa pelota, grumo é o que dá origem ao nome da pasta. Teorias à parte, fiquei muito feliz com o resultado desta nova experiência gastronômica. Agora é esperar o dia 29 para ver se serei afortunada com uma crítica positiva da minha cliente!

Gnocchi alla Romana (serve 4)

gnocchiromana-imp

Ingredientes:

1 litro de leite

sal, o quanto baste

pimenta do reino recém moída, o quanto baste

noz moscada, o quanto baste (para mim nunca é suficiente, vocês já sabem!)

120 gr de manteiga

250 gr de semolina

120 gr de queijo parmesão ralado

3 gemas

Modo de Preparo:

Aqueça o leite em uma panela grande acrescentando o sal, pimenta e a noz moscada. Assim que ferver, abaixe o fogo e adicione 80 gr de manteiga para fundir. Vá acrescentado a semolina em forma de chuva e mexendo vigorosamente com um batedor de globo (fuet) para não formar grumos. Deixe cozinhar por aproximadamente 10 minutos até que a mistura esteja bem grossa e borbulhando. Desligue o fogo, acrescente 100 gr de queijo parmesão e as gemas, uma a uma, mexendo bem para que se incoporem à massa.

Coloque a mistura em uma assadeira previamente untada com manteiga ou azeite espalhando bem com a ajuda de uma espátula molhada para formar uma camada de, mais ou menos, 1,5 cm de espessura.

Deixe a preparacão descansar por, pelo menos 1 hora. Deve estar bem fria antes de começar a cortá-la.

Aqueça o forno a 200 graus e unte um pirex grande ou 4 individuais. Comece a cortar a massa com um cortador redondo. Eu gosto de usar o de 5 cm de diametro, mas os menores também ficam lindos e mais parecidos com bolinhas de nhoque!

Coloque os nhoques sobrepostos no pirex até preenchê-lo por completo.

gnocchirom_passo-imp

Derreta a manteiga restante e despeje sobre os nhoques. Polvilhe com o queijo parmesão restante e leve ao forno por 20 minutos ou até que estejam bem dourados!

Também existem muitas variações desta massa. Você pode agregar na massa, antes de estendê-la, presunto picado, tomate seco picado, espinafre, ervas… coloque sua imaginação para funcionar!