Resolução de Ano Novo: Dieta! ;) [Salada de quinoa com aspargos frescos e burrata Tuttolatte]

Entra ano, sai ano e a dieta é a primeira resolução de Ano Novo que está no nosso caderninho. É o que nos move. É o que nos dá força para comer sem culpa durante as Festas de Final de Ano. Saber que sempre haverá uma segunda-feira no Novo Ano para começarmos a dieta.

E nada melhor que começar esta dieta comendo muito bem, de maneira saudável, deliciosa e refrescante. Ainda mais por aqui, nos trópicos onde a temperatura nesta época do ano beira os 40 graus. Por isso a primeira receita do ano não poderia deixar de ser uma salada cheia de sabor que nutre o nosso corpo e alivia a nossa mente!

Feliz Ano Novo!

Salada de quinoa com aspargos frescos e burrata Tuttolatte (Serve 2)

Receita da Chef Carla Elage

Foto: Cristiano Lopes

Foto: Cristiano Lopes

Ingredientes:

1 xícara  de chá de quinoa real
3 xícaras de chá de água
1 colher de sopa de 1 cebola processada com 2 dentes de alho
Sal a gosto
1 maço de aspargos verdes (ou vagem)
1 xícara chá de damasco picado
2 colheres de sopa de hortelã picado
2 colheres sopa de salsa picada
suco de 1 limão tahiti espremido
1 colher de sopa de azeite extra virgem
Sal marinho a gosto
Pimenta a gosto
2 burratas Tuttolatte
1 xícara de chá de tomate cereja cortado ao meio

Modo de Preparo:

Em uma panela, coloque para ferver a água com a cebola e alho processados.
Quando abrir fervura, coloque a quinoa, abaixe bem o fogo e deixe cozinhar até secar.
Transfira para um refratário, deixe esfriar (pode ser na geladeira).
Aspargos: se necessário descasque o final dos aspargos para retirar as fibras.
Corte-os em 3 partes iguais.
Coloque 1 litro de água para ferver com sal e coloque os aspargos para branquear por 3 minutos.
Escorra, coloque em uma tigela com agua e gelo para parar o cozimento. Escorra e reserve.
Pique os damascos e pedaços pequenos
Quando a quinoa estiver fria, adicione os damascos, salsinha e hortelã. Tempere com o azeite, limão, acerte o sal e a pimento ralada na hora.

Montagem:
Em uma travessa ou pratos individuais ou taças, coloque a quinoa, por cima os aspargos, tomatinhos, folhas de hortelã, finalmente a burrata.
Regue azeite sobre a burrata e finalize com pimenta negra ralada na hora.

Foto: Cristiano Lopes

Foto: Cristiano Lopes

#ColetivoGastronômico [Granita de Figos e Vinho do Porto]

Ufa! Mas está quente por aqui em minha gente? Acho que é o verão mais quente que eu me lembre…

Pensando nessa onda de calor o #ColetivoGastronômico deste mês não poderia ser melhor! Sobremesas geladas. Por mim, eu chuparia gelo com caldinha de caramelo kkkkk

Até que a idéia não era de toda ruim. Assim fui pensar em algo que pudesse ser um gelinho docinho e refrescante! Não sou muito fã de fazer sorvetes em casa pois não tenho sorveteira e as receitas que testei ainda não deram muito certo. Exceto por uma uma receita infalível de semifreddo da Nigella. Qualquer hora posto ela aqui.

Quando comentei com meu marido a sobremesa que faria ele disse: “E alguém precisa de receita de raspadinha?”. Juro que fiquei magoada. Ele pisou no meu calo!…

Figo é minha fruta preferida. Amo figos assados com mel, porto e mascarpone. Plim! Uma ideia. Por que não, ao invés de assados, não servir figos congelados?

Taí. Quero ver você chamar esta sobremesa deliciosa, refrescante e requintada de raspadinha, Sr. Marido!!! 😉

Granita de Figos e Vinho do Porto com Mascarpone (Serve 4)

De raspadinha a sobremesa requintada num piscar de olhos ;)

De raspadinha a sobremesa requintada num piscar de olhos 😉

Ingredientes:

8 figos frescos bem maduros

1/3 de xícara de açucar demerara

1 raminho de tomilho limão

4 colheres de vinho do porto (ou qualquer outro vinho de sobremesa)

raspas e suco de 1 limão

queijo mascarpone (para servir)

mel (para servir)

Folhinhas de tomilho limão (para servir)

A notícia de que o verão chegou!

A notícia de que o verão chegou!

Modo de Preparo:

Lave bem e corte os talinhos dos figos. Corte-os em 4 e coloque em uma panela. Acrescente o açucar e o raminho de tomilho e leve para cozinhar em fogo muito baixo. Após 10 minutos os figos deverão estar bem macios e ter soltado bastante líquido. Junte o vinho, as raspas e suco de limão e aumente o fogo e deixe ferver por 1 minuto apenas para evaporar o alcool.

Neste ponto pode até virar compota!!

Neste ponto pode até virar compota!!

Desligue o fogo e retire o raminho de tomilho. Experimente o purê, pois se os figos não estiverem bem maduros talvez você queira adicionar um pouco mais de açucar ou mel. Se for utilizar açucar faça-o com xarope. Explico nas DICAS deste post como fazer..

Coloque os figos já cozidos em um processador de alimentos ou com o mixer, faça um purê bem lisinho com os figos. Coloque em um recipiente raso que possa ir ao freezer. Quanto mais raso melhor, pois congelará mais rapidamente.

Após 2 horas verifique a textura e raspe com um garfo para fazer a sua “raspadinha”. Misture e volte ao freezer por mais 2 horas. Repita o procedimento de raspar.

Caso não tenha máquina de sorvete, o garfo é o grande aliado.

Caso não tenha máquina de sorvete, o garfo é o grande aliado.

Coloque em tacinhas. Eu usei mini taças de martini que acho muito charmosas. Acrescente 1 colherada de queijo mascarpone e um fio de mel. Polvilhe com as folhinhas de tomilho limão.

Refresque-se elegantemente! 😉

Desfrute do verão com esta deliciosa sobremesa.

Desfrute do verão com esta elegante sobremesa.

DICAS:

  1. Caso você não encontre tomilho limão, ou não goste, pode substituir por alecrim ou lavanda;
  2. Se os figos estiverem mais secos e menos suculento, talvez seja necessário acrescentar um pouquinho de água quando for processá-los.

E como todo mês, aqui estão as deliciosas receitas de sobremesas geladas do #ColetivoGastronômico:

Como não se refrescar neste verão?!?!

Como não se refrescar neste verão?!?!

Na Boroskinha – Musse light de Graviola com Calda de Melancia

Pimenta na Cozinha – Taça de Creme de Gemas e Leite de Coco

Brie com Goiabada – Pirulitos de Sorvete

O que temos hoje, Elisa? – Pavê de Cookies

Panela e Paixão – Pavê de Banana com Chocolate no copinho

Cozinha da Gertrudes – Romeu e Julieta

 

 

 

A vida pode ser efêmera, mas os momentos são permanentes!

O dia poderia ter sido um completo caos. Mas eu escolhi que não o fosse.

A 1:27h da manhã um barulho me acordou assustada. Achei que fosse um acidente de carro, um capotamento ou até mesmo uma explosão. Foi mais uma árvore que não resistiu e dasabou em cima da guarita de segurança do prédio vizinho, dos cabos de energia elétrica, estourando o transformador. Por sorte nenhum ferido. Não consegui mais dormir. A efemeridade da vida ficou rondando meus pensamentos entre um cochilo e outro. Acordei várias vezes sempre pensando que em algum momento este acidente poderia estar envolvido com a minha vida. Ou com a vida de qualquer um. Quantos de nós não andam pela cidade cheia de árvores condenadas? Percebi que não são só elas que estão condenadas… Peguei no sono e outro cochilo.

Sem energia elétrica e com pequeno fluxo de água em casa sabia que meu destino seria passar o dia fora. Não arriscaria ter que subir e descer 180 degraus de escada e ficar suando. Já corro meus 5km diários para me manter em forma! Arrumei a mochila, como se fosse a um acampamento e lá fui eu. Banho no clube, almoço na escola, cafezinho na padoca, internet na sorveteria, fila no cartório eleitoral para resolver as pendências com o TSE, mas as horas não passavam. Resolvi caminhar mais, pensar na vida e como somos fáceis de adaptações, mas ao mesmo tempo resistentes a mudanças. Eu estava vivendo um dia totalmente atípico, mas até aqui estava tudo correndo bem, sem maiores divergências da minha vida diária… Só estava triste de não estar em casa para testar um montão de receitas que tinha me programado para fazer.

Nesta caminhada fiquei sedenta e encontrei um lugarzinho para sentar e tomar uma água. Quando estamos de bem com a vida ela nos presenteia com algo mais. Avisei ao garçom que só queria uma água e se poderia me sentar já que o serviço do almoço estava chegando ao final. Muito gentilmente ele me ofereceu uma mesinha debaixo de uma árvore e sugeriu umas águas aromatizadas, muito refrescantes. Eu escolhi a água de framboesas e menta. A cada gole, percebi que não, o acidente de ontem não poderia ter acontecido comigo. A efemeridade da vida é para aqueles que não vivem intensamente como se ela não fosse passageira. E é vivendo nesta intensidade que ela se torna duradoura, quase permanente. Enquanto dure!…

Ao pagar a conta pedi ao garçom se seria possível a receita desta água para colocar no blog. Alguns minutos depois o chef apareceu carregando uma bandeja com duas outras águas e as receitas, muito simples, destas bebidas refrescantes e a senha do wi-fi para que eu pudesse, agora mesmo, postar esta história.

O dia ainda não acabou, mas o frescor desta tarde já fez valer ter vivido até aqui.

Chá Branco com limão siciliano e manjericão (faz 1 litro)

Drinks_Fotor

Ingredientes:

1 litro de agua mineral

2 colheres de sopa de chá branco

1 limão siciliano cortado em rodelas

1 raminho de manjericão anão

1/2 pepino cortado em rodelas

Modo de Preparo:

Coloque a água para ferver e, antes de surgirem as primeiras bolhas, apague o fogo. Acrescente a erva e abafe por cinco minutos. Coe. Deixe esfriar e coloque os demais ingredientes. Guarde na geladeira e consuma em até 24 horas após o preparo.  Depois disso, os princípios ativos do chá perdem a eficácia. O ideal é não adoçar. Mas, se preferir, use 1 colher de chá de mel para uma xícara.

Chá de Hortelã com framboesas (faz 1 litro)

Ingredientes:

1 litro de agua mineral

1 saquinho de chá de hortelã

1 xícara de framboesas

1 raminho de hortelã fresca

Modo de Preparo:

Coloque a água para ferver e, antes de surgirem as primeiras bolhas, apague o fogo. Acrescente o chá e deixe em infusão por 30 minutos. Deixe esfriar e coloque os demais ingredientes. Guarde na geladeira e consuma em até 2 dias após o preparo.  O ideal é não adoçar. Mas, se preferir, use 1 colher de chá de mel para cada copo de chá pronto.

Água de Coco – Será que precisa de receita? (faz 1 litro)

Ingredientes:

1 litro de água de coco natural

Pedaços de coco fresco

Modo de Preparo:

Misture todos os ingredientes e deixe refrescar na geladeira, por 30 minutos antes de servir.

DICAS:

  1. Todas estas receitas podem ser feitas com água mineral;
  2. Se for usar chá, prefira os sem cafeína para reposição dos sais minerais, tais como erva-cidreira, camomila, erva-doce, melissa, laranjeira, maracujá.

Promessa prometida, é promessa cumprida! #ColetivoGastronômico [Salada de Melancia, Feta e Azeitonas]

Não gosto muito de prometer as coisas pois fico na ansiedade de cumprir “com louvor”. Claro que não sou perfeita, já deixei muita gente na mão, mas juro que me esforço ao máximo, ainda que seja uma simples receita…

No último post, daquela maravilhosa torta de nozes, tão simples que você já teve ter feito duas(!!), prometi que postaria algumas receitas de saladas… Então, nem dormi direito pensando o que seria uma receita de salada! Eu tenho um livro do Williams Sonoma só de saladas e acho que utilizei duas vezes: uma para fazer apoio na estante e outra para tirar uma foto. Nem me lembro… Salada parece algo tão simples, intuitivo, tudo junto e misturado e não tem como dar errado.

Foi pensando assim que eu me lembrei desta receita maravilhosa, refrescante e perfeita para aliviar os dias de verão 40 graus que estamos vivendo. Com um ingrediente chave, ainda no finalzinho de safra e que está abundando nas feiras de São Paulo: Melancia! Ué? Mas não era salada? É salada de frutas?

Por mais improvável que possa parecer, esta combinação é absolutamente fantástica, um tanto salgada pelo queijo e as azeitonas, mas ao mesmo tempo muito refrescante pela melancia e as ervas. Uma vez na sua mesa será um prato favorito, sempre! Não torça o nariz. Torça para nunca faltar melancia!

Salada de Melancia, Feta e Azeitonas da Nigella ( Serve 8)

Para que o ordinário onde o inusitado prevalece?

Para que o ordinário onde o inusitado prevalece?

Ingredientes:

1 cebola roxa

2 limões Tahiti

1 melancia de aproximadamente 1,5kg madura e doce

250gr de queijo feta de boa qualidade

1 maço pequeno de salsa

1 maço pequeno de hortelã

100ml de azeite de oliva extra virgem

100gr de azeitonas pretas sem caroço

Pimenta do reino moída na hora, q/b

“Coco verde e melancia Pra sempre amor” Vinícius de Moraes

“Coco verde e melancia pra sempre amor”
Vinícius de Moraes

Modo de Preparo:

Descasque e corte a cebola ao meio no sentido do comprimento. Fatie finamente em meias luas e coloque em uma tigela com o suco dos limões. Isso a deixará translúcida e reduzira seu ardor. Reserve.

Retire a casca e as sementes da melancia – eu usei a melancia sem semente o que facilita muito o trabalho!, e corte em pedaços. Desta vez cortei em quadrados, mas podem ser triângulos, sem formato definido, pois a geometria não é o tema desta aula! Coloque a melancia em uma tigela grande e rasque as folhas de salsa e hortelã sobre ela. Eu adoro as ervas fazendo o papel protagonista de folhas na salada!

Coloque as azeitonas, as cebolas sem o suco do limão e por cima quebre o queijo com as mãos em pedaços grosseiros – se usar um queijo feta de boa qualidade ele se esfarelará  facilmente.

Junte o azeite ao suco de limão das cebolas (!) e a pimenta do reino. Emulsione ligeiramente e regue esta jóia grega!

Refrescância, sabor e contrastes em um único prato!

Refrescância, sabor e contrastes em um único prato!

DICAS:

  1. DICA NUMERO 1 e mais importante: aqui não tem nenhum segredo, nenhum cozimento, nenhum tempero. Os ingredientes são os protagonistas. Então, só faça esta salada se estiver utilizando o melhor que conseguir encontrar!
  2. Você pode usar rúcula juntamente com as ervas se quiser mais folhas;
  3. Não caia na tentação de adicionar sal, pois o queijo e as azeitonas já são bem salgadas e neste calor o sal é um grande inimigo;
  4. Pistaches tão um toque todo especial para esta salada.

Esta salada está no #ColetivoGastronômico de Novembro/2016. Para ver mais delícias refrescantes como esta acesse os blogs participantes:

Refresque-se!

Refresque-se!

Menu Criativo – Salada de Abacate, Tomate e Bacon

Azeitonas Temperadas – Salada de Peras Assadas e Nozes

O que temos hoje, Elisa? – Salada de Camarão e Banana da Terra

Na Cozinha da Carina – Salada Refeição

Cozinha da Gertrudes – Salada Waldorf