Para ser rápido, fácil e cheio de sabor [Curry de Frango e Grão de Bico]

Com a volta do frio nas noites paulistanas as sopas e os cozidos são sempre parte do cardápio aqui em casa. Para sair um pouco da rotina e do vício de abrir os potinhos de sopa Cook It (são tão deliciosos e tão fáceis que é impossível não viciar!) resolvi o jantar da noite passada em questão de minutos.

Somos muito fãs de comidinhas apimentadas e termogênicas. Por isso sempre tenho um pedacinho de gengibre no congelador e umas pimentas rolando pelas gavetas da geladeira. E foi assim que este delicioso Curry de Frango estava aquecendo nossos estômagos em, quase, um piscar de olhos.

Claro que um tiquinho de vontade de cozinhar e uma despensa bem abastecida fazem muita diferença na hora do jantar. Por isso, dê uma olhada aqui para dicas importantes de ingredientes que você deveria sempre manter estocado! E vamos cozinhar!

Curry de Frango e Gão de Bico (Serve 4)

Quase um fast food. Mas o resultado é muito mais duradouro!

Quase um fast food. Mas o resultado é muito mais duradouro!

Ingredientes:

600g de peito de frango cortado em cubinhos, preferencialmente orgânico

1 colher de sopa de curry em pó

1 colher de sopa de azeite de oliva

1 cebola média fatiada

2 dentes de alho picados

1 pedacinho de gengibre ralado, aproximadamente 1 colher de chá

1/2 xícara de caldo de frango ou legumes caseiro – se não tiver use água

200ml de leite de coco

250g de grão de bico cozido – eu usei o da marca Vapza

1 pimenta dedo de moça fatiada finamente

sal e pimenta do reino, o quanto baste

1/2 xícara de folhas de coentro

1/4 xícara de cebolinha verde picada.

Modo de Preparo:

Tempere os cubinhos de frango com o curry em pó e reserve. Em uma panela aqueça o azeite e doure a cebola, sem queimar. Acrescente o alho e o gengibre ralado e refogue até ficar macio. Junte o frango, espalhando bem na panela para que dourem por igual. Não mexa por uns 3 minutos até que comece a desgrudar da panela. Se você ficar mexendo diminuirá a temperatura de cozimento e terá um frango borrachudo.

Junte o caldo de frango e deixe ferver. Assim que ferver, coloque o grão de bico, o leite de coco, a pimenta dedo de moça e tempere com sal e pimenta do reino a seu gosto e volte à fervura para aquecer.

Antes de servir salpique por cima do cozido as folhas de coentro e a cebolinha picada. Pode ser servido com arroz e pão chapati. Eu uso esta receita de Piadina que fica perfeita!!!

Bom apetite!

Curry2

Uma despensa bem abastecida resulta num prato rápido, variado e cheio de sabor!

DICAS:

  1. Esta base de curry eu faço sempre e vou variando os ingredientes. Para um curry vegetariano troque o frango por abóbora cabochá e couve flor. Fica incrível!
  2. Se você é fã de frutos do mar, camarões também ficam deliciosos neste cozido. Ao final, esprema 1 limão sobre a preparação e sirva!

Quando o corpo pede, a gente obedece! [Quibe de abóbora recheado com ricota]

Eu quase nunca estou de dieta. Como de tudo, com moderação e não deixo meu cardápio desbalanceado. Mas algumas vezes exagero e tenho consciência disso. Encho a pança 😉 e depois fico pensando: “por que faço isso comigo mesma?”.

A resposta é óbvia! Porque eu amo comer, experimentar. A comida tem um efeito gigantesco em mim. Se tiver algum problema comigo, é só me oferecer uma comidinha bem deliciosa que eu me rendo!

Mas dia desses o corpo pediu para eu maneirar. Senti a digestão lenta e o fígado… reclamando. Logo o fígado?? E neste dia estava preparada para fazer este quibe que, para mim, é a melhor de todos os tempos. E sabe quando a boca já está salivando por aquela comida?…

Resolvi então continuar cm o cardápio da noite, mas obedecer ao que meu metabolismo pedia. Acho que consegui. Agradei gregos, troianos, marido, filho e o fígado!

É uma receita leve, deliciosa e uma ótima opção para um dia que a carne não faça parte do cardápio!

Quibe de Abóbora rechecado de Ricota e Cream Cheese (Serve 6)

Uma forma deliciosa e prática de incluir os vegetais nas refeições.

Uma forma deliciosa e prática de incluir os vegetais nas refeições.

Ingredientes:

1/2 litro de água

1 xícara de trigo para quibe

400gr de abóbora japonesa crua cortada em cubos (com a casca)

1 colher de chá de sal

1 colher de sopa de pimenta síria

1/2 colher de chá de canela da China em pó

1 colher de sopa de salsa picada

1 colher de sopa de hortelã picado

1 colher de sopa de cebolinha picada

3 colheres de sopa de azeite de oliva extra virgem

1 xícara de ricota esfarelada

1 xícara chá de cream cheese

1 cebola grande fatiada finamente

Modo de Preparo:

Coloque o trigo na água para hidratar por 20 minutos. Leve a abóbora para assar em forno médio, 160 graus, coberta por papel alumínio por 30 minutos, ou até que esteja macia para ser amassada com um garfo ou use o processador para fazer um purê.

Coe e escorra bem o trigo apertando em uma peneira para que fique bem seco, sem excesso de água. Em uma tigela coloque o trigo hidratado,  o purê de abóbora, salsa, hortelã, cebolinha, 1 colher de sopa de azeite, sal, pimenta síria e canela e misture bem.

Tudo junto e Misturado!

Tudo junto e Misturado!

Em outro recipiente misture a ricota com o cream cheese para formar uma pasta. Reserve.

Pré aqueça o forno a 180 graus.

Forre uma assadeira com metade da massa de abóbora e trigo. Eu usei uma assadeira redonda de fundo falso com 21cm de diâmetro por 5cm de altura. Acho lindo desenformar e servir como uma torta! Mas você poderá utilizar qualquer refratário que vá ao forno. Coloque a pasta de ricota sobre a massa de quibe espalhando com cuidado. Finalize cobrindo com o restante da massa. Pincele um pouco de azeite de oliva sobre a massa e com uma faca bem afiada faça cortes das fatias.

Capriche nas camadas para quando desenformar ter uma deliciosa surpresa!

Capriche nas camadas para quando desenformar ter uma deliciosa surpresa!

Um raio de Sol

Um raio de Sol

Leve para assar por 30 minutos. Enquanto isso refogue as fatias de cebola no azeite de oliva restante em fogo muito baixo para que não queimem. Mexa esporadicamente até que fiquem douradas.

Desenforme o quibe e sirva com as cebolas douradas e crocantes aproveitando o azeite em que foram fritas!

A comida vegetariana pode ser surpreendente!

A comida vegetariana pode ser surpreendente!

DICAS:

  1. Você pode cozinhar a abóbora em cubos no vapor ou na água com um pouco de sal até que fique bem macia. Mas escorra bem para que não fiquem encharcadas.

Uma Massa Várias Possibilidades [Pão de Forma Versátil – World Bread Day]

wbdHoje é o dia mundial do pão [World Brad Day]. E este ano resolvi participar do movimento com uma receita.

Este dia surgiu para que padeiros amadores e entusiastas de todo o mundo pudessem trocar receitas, por a mão na massa e mais que tudo se unir em torno do “pão nosso de cada dia”. O negócio ficou tão aprimorado que hoje, depois de 9 anos do primeiro WBD já são milhares de  foodblogs postando e falando sobre o assunto. Eu me animei e fui procurar uma receita surpreendente para fazer.

Acontece que depois de muito pensar e pesquisar os pães mais mirabolantes e bacanas cheguei a duas conclusões: eu não seria sequer capaz de reproduzir tamanha façanha padeira, por falta de estudos e prática. E o segundo motivo e mais importante, a idéia era fazer com que todos meus leitores, isto quer dizer você que me lê, fosse para a cozinha experimentar esta delícia que é fazer um pão! Vê-lo crescer, sentir o aroma da fermentação, a maravilha do som oco depois de assado. Aqui no blog já fiz a experiência de outros pães, mas confesso que não vi muita gente se animando… Eu adoro a fermentação natural, ou levain, mas nem todo mundo tem a paciência e o tempo de “alimentá-lo”, cuidá-lo e vê-lo reproduzir. Foi aí que me lembrei de uma receita muito boa, muito fácil e muito versátil que uma vez vi no programa de TV dos Fabulosos Irmãos Herbert (The Fabulous Baker Brothers). É um programa de dois irmãos que eu ADORO. Um é padeiro e outro açougueiro e saem pela Inglaterra ajudando restaurantes e pubs a melhorar seus cardápios.

Me lembro bem do episódio: uma massa e vários pães! Era isso. O que eu queria para meu primeiro World Bread Day. Apesar do intuito ser postar receitas inovadoras, diferentes, este seria para mim o melhor da inovação: Uma receita que te faça, AGORA, largar a internet e correr para a cozinha preparar esta delícia!

Pão de Forma Versátil (2 pães de 500 kg cada, aproximadamente)

Esta massa é deliciosa e muito versátil!

Esta massa é deliciosa e muito versátil!

Ingredientes:

300 ml de água morma

2 colheres de sopa de azeite

1 colher de sopa de mel

500 gr de farinha de trigo branca (mas você poderá usar integral, de centeios, grãos)

1 envelope de fermento biológico seco

1 colher de chá de sal

O difícil é ser simples... Mas não neste caso! ;)

O difícil é ser simples… Mas não neste caso! 😉

1 xícara de grãos variados (eu usei o Mix 7 Grãos da Quaker que tem aveia, amaranto, quinoa, linhaça, centeio, gérmen de trigo e cevada e acrescentei chia e semente de abóbora)

1 xícara de cranberry seca (ou uvas passas) e nozes pecas temperadas com uma colher de sopa de canela

A variedade fica por nossa conta!

A variedade fica por nossa conta!

Modo de Preparo:

Na tigela da batedeira, com o batedor de gancho, misture bem a água morna, o azeite e o mel. Acrescente a farinha, o fermento e o sal e bata em velocidade baixa até que se forme uma massa. Aumente para velocidade média e sove por 5 minutos até obter uma massa leve e que desgrude das laterais da tigela. Se quiser pode fazer todo este processo na mão. Você sentirá a massa se formar e se encher de ar. É lindo, isso!

O resultado deverá ser uma massa lisa e bem fácil de manusear de, aproximadamente, 900 gr. Eu dividi minha massa em duas porções de 450 gr para misturar, em uma, os grãos, e na outra, as frutas secas e castanhas. Coloque cada massa em formas de bolo inglês untadas com azeite (eu usei descartáveis) e coloque cada forma em um saco plástico bem fechado e deixe crescer por cerca de 1 hora até que dobrem de volume (eu deixei dentro do forno desligado.

Massa lisa e muito fácil de trabalhar

Massa lisa e muito fácil de trabalhar

450 gr de massa em cada forma...

450 gr de massa em cada forma…

...e a magia do pão fermentado!

…e a magia do pão fermentado!

 

Mas você pode inventar o que quiser. Esta é a real beleza desta massa. Ela poderá virar pão de hambúrguer, mais massudo e cascudo, e tão igualmente delicioso; rolinhos de canela de se você abrir a massa em tiras e espalhar manteiga, açucar e canela e depois enrolar; um filão recheado com calabresa e queijos…

Quando faltar 15 minutos para o final do crescimento da massa aqueça o forno a 180 graus. Assim que a massa dobrar de volume pincele-a com um pouquinho de azeite e faça cortes transversais em cima dos pães. Leve para assar por aproximadamente 40 minutos (veja DICA 1) ou até que fique corado.

Deliciosamente fácil e perfumado. Este de castanhas e frutas viram torradas com geléias para o café da manhã!

Deliciosamente fácil e perfumado. Este de castanhas e frutas viram torradas com geléias para o café da manhã!

Ao sair do forno retire o pão da forma para não criar vapor e não umedecer. Cuidado pois estrá fervendo. Recomendo usar uma luva térmica pu mesmo um pano de prato limpo para segurar o teu pão. E dê uma “batidinha”, [knoc, knoc] no fundo. O som deverá ser oco e “delicioso”. Deixe esfriar sobre uma gradinha. Delicie-se com sua nova criação. E arrisque-se em ser feliz!

Uma massa, infinitas possibilidades!

Uma massa, infinitas possibilidades!

DICAS:

  1. Se fizer pãezinhos menores dimunua o tempo de forno para 30 a 35 minutos;
  2. Este pão poderá ser congelado depois de assado por até 2 meses. Descongele em temperatura ambiente por 12 horas e depois coloque no forno para aquecer;
  3. Se quiser um pão mais adocicado aumente, na receita, para 2 colheres de mel.

E para não ficar sem assar nenhum pãozinho nesta temporada te recomendo outras tão deliciosas receitas participantes do #WBD:

Cozinha Autoral – Massa Base para Pão Caseiro

Ana Claudia na Cozinha – Pão de Mandioquinha

Na Cozinha da Gertrudes – Pão Delícia de Maçã

Gordices – Pão Light

Mosaico de Receitas – Schiacciata de Cebola e Pimentão

Se Eu fiz Você faz – Pão de Leite

O que temos hoje, Elisa? – Pão de Peito de Peru e Bacon

Brie com Goiabada – Pão Trançado de Chocolate

Burburinho na Cozinha – Pão de Abóbora

Artes da Mel – Pão de Fubá

Better Call San – Pão de Nutella