Mad Men = Happy Woman [Torta de Maçã Alsaciana]

Novamente estou viciada! E desta vez não é por comida, mas sim por um seriado de TV! Nada de cozinha! Faz muito tempo que não me empolgava tanto com um seriado. De ficar grudada na TV e assistir a 3, 4 episódios de uma só vez…

Pois é. MAD MEN me segura no sofá mais que a Nigella! Adoro a trama e o roteiro é muito bom. A cada episódio um novo segredo. Ui… E de tão viciada nos episódios fui ver os extras, coisa que nunca me empolga muito. Mas este foi especial! No segundo ano da série um dos extras é sobre Lutéce, o grandioso restaurante novaiorquino que operou por mais de 40 anos nas mãos do chef  André Solter.

Durante o segundo ano da série restaurante aparece em vários capítulos sonde os personagens comemoram, bebem, se divertem e aprontam pocas e boas. Mas o clímax deste extra, que além de falar sobre os bons tempos do Lutece e de como seu grande chef recebeu todos seus prêmios e méritos, é quando André Solter prepara sua famosa Tarte aux Pommes a l’Alsacienne. Esta torta de maçã é um manjar dos Deuses. Não tem nada (exceto as maçãs!!)  das apple pies que conhecemos com canela e outras especiarias e que não deixam de ser maravilhosas, também. Veja uma aqui.

Mas esta é deliciosamente cremosa, com pouco açucar, bem francesa! Oh là là!

Confesso que depois de ver este capítulo de Mad Men me tornei uma mulher muito mais feliz!

Em tempo: MAD MEN nada tem de triste. MAD é a abreviatura de Madison, Madison Avenue onde começaram os grandes executivos de advertisements de NYC na década de 60! Não conto nada mais. Alugue a série e se vicie como eu!

Tarte aux Pommes a l’Alsacienne – Lutece, Nova Iorque

Imaginem uma pessoa feliz: EU!!

Imaginem uma pessoa feliz: EU!!

Ingredientes:

200 gr de ferinha de trigo

100 gr de manteiga gelada cortada em cubos

10 gr de açucar (eu prefiro usar o açucar de confeiteiro que mistura bem na massa)

5 gr de sal

1 ovo

farinha de amêndoas, o quanto baste

4 maçãs Golden delicious

80 gr de açucar

1 ovo grande ou 2 pequenos

3 ml de essencia de baunilha

120 ml de creme de leite fresco

Modo de Preparo:

Comece pela massa. Esta massa é uma massa base para várias tortas, doces ou salgadas (neste caso omitindo o açucar) e vamos encontrá-la com algumas variações, mas é a tal daPâte Brisée. Vocês podem notar que é muito similar a que fez base para nossa quiche. O que eu mais gosto desta receita é que a fórmula é inesquecível; 200 – 100 – 50, ou seja farinha, manteiga, ovo!

Mescle todos os ingredientes em uma tigela para formar uma massa homogênea. A princípio parecerá com areia de praia, mas conforme se trabalha esta massa a manteiga comeca a derreter e os ingredientes se integram. Por isso, atenção, não trabalhe demais a massa. Também pode ser feita no processador de alimentos. Enrole en plástico film e deixe descansar na geladeira por 30 minutos.

Muita maçã, muito carinho... E reparem na farinha de castanha lá por baixo para não enxarcar a massa...

Muita maçã, muito carinho… E reparem na farinha de amêndoas lá por baixo para não encharcar a massa…

Pré aqueça o forno a 180 graus. Descasque e retire o caroço das maçãs. Corte-as em fatias de 0,5cm.

Abra a massa que já descansou em uma espessura de aproximadamente 3mm e forre uma forma de fundo removível. Retorne a geladeira por 30 minutos (ou uns 10 no freezer). Polvilhe a massa com farinha de amêndoas. Este processo é para não encharcar a massa com o sumo que desprender das maçãs ao assar. Coloque as fatias de maçãs formando um círculo concêntrico. Asse por 15 a 20 minutos, até que as maçãs estejam suaves.

Prepare a cobertura. Em uma tigela bata os ovos e o açucar até formar um creme liso, homogêneo e amarelo pálido. Junte a baunilha e o creme de leite. Misture bem. Despeje este flan sobre as maçãs e volte ao forno por mais 30 minutos ou até que o creme esteja firme e dourado.  Deixe esfriar no forno com a porta entre aberta.

DICAS:

  1. Esta torta dispensa qualquer acompanhamento pois esta cobertura é simplesmente o toque final!
  2. Confesso que a torta estava muito melhor no dia seguinte. Não que eu tenha esperado para comê-la. Mas é que eu assei 2!!!!! Então, se conseguir faça de véspera.

Feliz Dia dos Pais! [Shank de Cordeiro e Apple Pie]

Quer curtir seu pai e toda a família com o melhor presente? Então, cozinhe você o almoço!

Sugerimos aqui um menu super simples, delicioso, confortante e que não levará horas para fazer. Enquanto está tudo no forno você curte o paizão e ainda ganha os méritos de cozinheira do ano!

Sugestão para 6 pessoas

Shank de Cordeiro com polenta cremosa

Qual o pai que não se emocionará?

Qual o pai que não se emocionará?

Ingredientes:

– ½ xícara de farinha de trigo
– 6 shanks de cordeiro
– Sal e pimenta-do-reino, o quanto baste
– 4 colheres (sopa) de azeite de oliva
– 2 colheres (sopa) manteiga
– 2 cenouras, finamente picadas
– 1 cebola, finamente picada
– 1 talo de salsão, finamente picado
– 1 ramo de alecrim picado
– 2 colheres (sopa) de tomilho picado
– 4 dentes de alho picados
– 2 xícaras de caldo de galinha
– 2 xícaras de vinho tinto
– 200 g tomate pelado, sem sementes e picados
– ½ litro de água
– ½ litro de leite
– 1 xícara de fubá de milho pré-cozido ou polenta pré cozida
– 4 colheres (sopa) de manteiga
– sal a gosto

Modo de preparo:

Pré-aqueça o forno a 160 graus. Cubra a ponta do osso de cada shank com papel alumínio. Isso ajudará que o pouco de carne que estiver no osso não se queime e manterá uma aparência melhor. Tempere a carne com sal e pimenta. Passe a carne pela farinha.

Em uma panela suficientemente grande que caibam os 6 shanks e que possa ir ao forno aqueça 2 colheres de azeite e 2 colheres de manteiga. Coloque a carne para dourar, uma de cada vez, para que a temperatura do azeite não caia e você não acabe cozinhando a carne ao invés de dourá-la. Reserve.

Em fogo médio, despeje as duas colheres restantes de azeite na panela. Adicione a cenoura, a cebola, o salsão, o alecrim e o tomilho e refogue, mexendo até que os vegetais estejam tenros – de 6 a 8 minutos. Acrescente o alho e cozinhe por mais 1 minuto.

Regresse a carne para a panela. Tenha o cuidado de colocá-las em pé, ou seja, os ossos para cima. Acrescente o vinho e espere que o alcool se evapore. Uns 3 a 4 minutos. Misture o caldo de galinha e os  tomates com o refogado da panela. Cozinhe em fogo baixo com alguns minutos de fervura e retire a espuma que vai se formando com uma escumadeira. Tampe a panela e leve ao forno por cerca de 2 horas, até que a carne esteja bem macia, começando a soltar do osso.

20 minutos antes de terminar o cozimento da carne, prepare a polenta. Coloque a água para ferver com a manteiga. Misture o fubá com o leite. Quando a água levantar fervura acrescente a mistura de fubá e cozinhe, em fogo baixo mexendo sempre até que a polenta esteja cremosa (o tempo de cozimento dependerá do fubá que você utilizar. Dê uma checada nas instruções da embalagem). Corrija o sal, se necessário.

Para servir (nada de panelas sobre a mesa!), retire o papel aluminio dos ossos. Coloque uma porção de polenta no prato e por cima um shank de cordeiro. Regue com o molho.

Torta de Maçã Americana

Demonstração de amor maior pelo pai? Quase impossível!

Demonstração de amor maior pelo pai? Quase impossível!

Ingredientes:

– 2 xícaras de farinha de trigo
– 2 colheres (sopa) de açúcar de confeiteiro
– 150 g de manteiga gelada, cortada em pedaços
– 4 a 6 colheres (sopa) de água

Recheio (pode ser preparado com antecedência):
– 1,5 kg de maçãs
– 1/3 xícara de farinha de trigo
– 1/2 xícara de açúcar mascavo
– 1/2 colher (chá) de canela em pó
– 1/4 colher (chá) cravo moído
– 1/4 colher (chá) anis estrelado moído
– Suco de 1 limão
– 2 colheres (chá) de conhaque

Cobertura:
– 1/3 xícara de açúcar
– 1 gema de ovo

Modo de preparo:

Aqueça o forno a 160° C. Misture a farinha, o açúcar e a manteiga num processador de alimentos utilizando a tecla pulsar até que obtenha a consistência de farofa. Não bata muito pois a manteiga se derreterá e não é isso que queremos! Transfira esta farofa para uma bancada de trabalho. Adicione a água, uma colher de cada vez e amasse delicadamente com as pontas dos dedos até formar uma massa homogênea. Leve à geladeira por aproximadamente 15 minutos para descansar.

Misture os ingredientes secos do recheio. Descasque e fatie as maçãs (para esta torta eu prefiro pedaços ou fatias grossas) acrescente o limão, o conhaque e a mistura acima aos poucos. Deixe descansar para formar caldo.

Montagem da torta:
Divida a massa em duas partes. Abra em superfície enfarinhada com um rolo na espessura de 3 mm ou entre duas folhas de clingfilm para facilitar a transferência para a forma.

Transfira a massa para uma forma ou pirex de 24 cm untada com manteiga, deixando uma borda para fechar depois com a parte superior. Coloque o recheio, mas sem muito caldo e cubra com o restante da massa. Aperte as laterais como na foto. Faça cortes na tampa para que saia o vapor.

Essa borda faz toda a diferença na finalização da torta!

Essa borda faz toda a diferença na finalização da torta!

Pincele com a gema e polvilhe o açucar. Asse em forno pré-aquecido por cerca de 45 minutos ou até dourar. Sirva quente acompanhada de uma bola de sorvete de creme.