Maratona Star Wars [Pipocas Saborizadas]

Olá!!!

Finalmente as férias acabaram e eu estou de volta ao trabalho. Bem… Quase. Eu voltei de férias, mas ainda tenho uma criança ávida por diversão por aqui! Bons tempos em que os acampamentos ou a casa da vó faziam esta alegria.

Mas, não bastando ser mãe e tendo que participar, entre uma jornada de 4 horas e outra, resolvi alegrar as tardes do pequeno (que já está tão grande 😦 ) com uma maratona dos episódios da saga Guerra nas Estrelas – prá quem não sabe foi com este título que cresci assistindo Luke e Leia Skywalker. A idéia era assistir 2 filmes por tarde para conseguirmos ir ao cinema, ver o episódio 7 ainda no final de semana.

Mas outra guerra se formava na minha galáctica cozinha… Como conseguir que uma espoleta prestes a sair do gatilho aguentasse mais de 4 horas sentado, prestando atenção na complicada trama entre o bem e o mal, numa sequência dos filmes não tão lógica para iniciantes no treinamento Jedi??? [Fui orientada por sites geeks a assistí-los na seguinte ordem: IV, V, I, II, III e VI].

Deliciosas pipocas, a resposta é! diria nossa sábio Master Yoda.

E não é que funcionou??!!

Por aqui adoramos pipocas fresquinhas e feitas na hora na panela pipoqueira. Mas um temperinho a mais não te leva prô lado escuro da Força, não é mesmo? Ainda mais se juntar a criançada na cozinha, dando seu toque especial! Aí o bem vence o mal!!

Pipoca ao Natural (Rende 8 xícaras)

Ingredientes

2 colheres de sopa de azeite

1/2 xícara de grão de milho próprio para pipoca

1 pitada de sal

Modo de Preparo:

Para fazer pipoca no fogão, basta combinar 2 colheres de sopa de azeite, 1/2 xícara de grãos de milho e uma pitada de sal kosher em uma panela grande em fogo médio-alto. Tampe a panela e deixe cozinhar até que os grãos comecem a estourar, agitando ocasionalmente para garantir que os grãos ainda não estourados desçam para o fundo da panela. Quando o espaço entre um estouro e outro for maior que 2 segundos retire a panela do fogo e despeje a pipoca em uma tigela. Isto irá resultar em 8 xícaras de pipoca quentinha necessárias para cada receita abaixo.

Pipoca com Manteiga Queimada, Alecrim e Limão Sicilano (Serve 2)

Foto: KitchenKonfidence

Foto: KitchenKonfidence

Ingredientes

3 colheres de sopa de manteiga sem sal

1 colher de sopa de folhas de alecrim fresco picado finamente

1/2 colher de chá de raspas de limão siciliano

8 xícaras de pipoca pronta (vide instruções acima)

pitada de sal

pitada de pimenta do reino moída na hora

Modo de Preparo:

Em uma panela, aqueça a manteiga em fogo médio. Assim que a manteiga espumar, reduza o fogo e espere que comece a escurecer. Você vai notar pequenas partículas no fundo da panela. Mexa com freqüência durante este processo e não descuide; a manteiga pode queimar em alguns segundos! Assim que começar a exalar um delicioso aroma de nozes e estiver um tom dourado, cerca de 4 minutos acrescente o alecrim e as raspas de limão, em seguida, despeje sobre a pipoca quente, mexendo vigorosamente. Tempere a gosto com sal e pimenta do reino moída.

Pipoca Picante com Sriracha e Limão Tahiti (Serve 2)

Foto: KitchenKonfidence

Foto: KitchenKonfidence

Ingredientes

3 colheres de sopa de manteiga sem sal, derretida

2 colheres de sopa de molho de pimenta Sriracha

1/2 colher de chá de raspas de limão tahiti

1 colher de chá de suco de limão

8 xícaras de pipoca pronta (vide instruções acima)

pitada de sal

pitada de pimenta do reino moída na hora

Modo de Preparo:

Misture a manteiga derretida, o molho de pimenta, as raspas de limão e o suco de limão e despeje lentamente sobre a pipoca quente, mexendo vigorosamente. Tempere a gosto com sal e pimenta do reino moída.

Esta versão é mais úmida e deve ser consumida imediatamente. E é também a minha preferida! 😉

Pipoca Mexicana com Queijo e Coentro (Serve 2)

Foto: KitchenKonfidence

Foto: KitchenKonfidence

Ingredientes

1/4 de xícara de queijo mexicano cotija, esfarelado (pode ser substituído por queijo meia cura ralado)

raspas de 2 limões

8 xícaras de pipoca pronta (vide instruções acima)

2 colheres de sopa de manteiga sem sal, derretida

2 colheres de sopa de coentro picado

pitada de pimenta cayena ou flocos de pimenta calabresa

Modo de Preparo:

Misture o queijo e as raspas de limão e reserve. Regue a pipoca quente com a manteiga derretida, mexendo vigorosamente. Polvilhe com o queijo e limão e finalize com a pimenta. Como o queijo já é salgado você não precisará de sal. Mas uma marguerita cai bem! 😉

E se a tua praia for pipoca doce, esta receita de Pipoca de Caramelo e Chocolate é perfeita para você!

"Por Um Mundo Mais Doce"

“Por Um Mundo Mais Doce”

Que a Força (para conseguir parar de comer!!!!!) Esteja com Você!

Pão de Queijo Pá Pum

Este é um post rapidinho. Tão rapidinho quanto esta receita.

Trouxe meu sobrinho para passar a tarde comigo. Ele tem 4 anos. Meu filho já tem 10. Não sabia muito o que fazer. Deixei o molequinho no meio dos brinquedos do meu filho e fui para a cozinha preparar um bolo. E pensei: “Hummm, nada melhor do que ele me ajudar, né?”

Trouxe o gatinho para a cozinha e pedi para ele mexer a massa e ele logo solta uma: “Tia, faz pão de queijo?” Claro, que sim!! Oba! Mas eis que abro a geladeira e nada de ovos… Estavam todos no bolo 😮

Mas sempre existe uma receita salvadora neste mundo de Meo Deos! Lá fui eu. Lembrava-me de ter visto esta receita e… tchan! Aí estava santo Google e a santa @cozinhadatata que disponibilizou esta receita facilíssima de apenas 3 ingredientes. E posso dizer? MUITO mais gostosa do que a tradicional (os mineiros que me perdoem). Fica mais sequinho e levinho. Parece um biscoito de polvilho recheado de queijo, fofinho… Antes do bolo assar os pãezinho pro meu querido afilhado já estavam prontos!!

Pão de Queijo da Tatá (Serve 20 bolinhas pequenas)

Repara nesta casquinha bem crocante...

Repara nesta casquinha bem crocante…

Ingredientes:

200gr de creme de leite UHT (1 caixinha)

100gr de queijo meia cura ralado fininho (ou 1 xícara bem prensado)

140gr de polvilho azedo (1 xícara)

1/4 de colher de cha de sal (eu usei um pouquinho menos porque meu queijo já era salgadinho)

Gosto de polvilhar mais queijo por cima!

Gosto de polvilhar mais queijo por cima!

Modo de Preparo:

Aqueça o forno a 200gr.

Em uma tigela misture todos os ingredientes até obter uma massa lisa e homogênea. Eu iniciei misturando com uma espátula e quando já estavam incorporados usei as mãos.

Faça bolinhas e coloque em uma assadeira anti aderente ou forrada com papel manteiga ou silpat.

Asse por 15 minutos ou até ficarem bem inflados e douradinhos! É importante que o forno esteja bem quente senão virarão cookies de polvilho!!! 😉

Com um cafezinho coado para coroar a tarde!

Com um cafezinho coado para coroar a tarde!

DICAS:

  1. Esta massa congela super bem. Congele as bolinhas e depois guarde-as em um saco para freezer por até 3 meses. Asse diretamente do freezer por 20 a 25 minutos.
  2. Eu adoro queijo então dei uma polvilhada com mais queijo por cima dos pãezinhos. Ficaram irresistíveis!

    Alegria de criança; amor da titia

    Alegria de criança; amor da titia

Inclua Legumes na Dieta em Forma de Chocolate!!! [Cupcakes de Beterraba e Chocolate]

Ontem foi aniversário do meu filhote. Nem acredito… 10 anos. Já é um garotão. Ficamos horas na cama, antes do café da manhã, relembrando os momentos da gravidez, os exames médicos e tudo o que eu comia…

_ ¨Será que é por isso que eu como tanto brócolis, mãe?”

_ “Ah… E você já sabia que eu seria um jogador de futebol pelas bicudas na bariga, né, mãe?”

_ “Zuera mãe, mas eu te amo mais que Clash of Clans…” :\

Acho que é igual com todas as mães, mas para nós o sentimento é singular, como se fosse somente conosco. Eu só tenho um filho, mas imagino que seja assim com as mães de vários também. Cada serzinho desses é único, é uma peça rara neste quebra cabeça que é a vida, que é o nosso mundo! É bom demais…

Na sexta-feira passada, seria o dia de levar bolo para a escola para cantar “Parabéns”. Ele pediu que fossem cupcakes, já que seria mais rápido, “cada um pega o seu e sai correndo; assim dá tempo de jogar futebol”… Logo eu que sou uma catástrofe dos doces?? Comprar?? Que decepção para a criança, dizer que sua mãe é uma cozinheira mas foi na padaria comprar os bolinhos do seu aniversário.

Desafio aceito, resolvi desafiar a molecada, também. Por que não, com a ajudinha do chocolate, botar um pouquinho de saúde nestes cupcakes?? Não sou nada neurótica e acho que cada um tem que comer aquilo que gosta mas me incomoda muito criança que não come bem porque não teve a oportunidade de experimentar.

E lá fui eu para a cozinha. Debaixo da deliciosa cobertura de chocolate por que não um bolinho de beterraba?? É como um bolo de cenoura, só que com beterraba…

Cupcakes de Beterraba e Chocolate (Serve 20 Cupcakes)

Bolo certeiro para um campeão na minha vida!

Bolo certeiro para um campeão na minha vida!

Ingredientes:

200gr de chips chocolate meio amargo ou se usar barra cortado em pedaços pequenos

250gr de beterraba crua ralada

3 ovos grandes, de preferência orgânicos

200ml de óleo de canola, ou outro óleo vegetal

2 colheres de chá de extrato de baunilha

100gr de açucar mascavo (hummm combina perfeitamente com a beterraba!)

100gr de açucar refinado

200gr de farinha de trigo para bolo*

2 colheres de sopa de cacau em pó

2 colheres de chá de fermento

Para a ganache

200gr de chocolate meio amargo picado

200ml de creme de leite (eu usei de soja já que meu filho pediu pois seu melhor amiguinho tem intolerância a lactose)

Sua porção de legumes em forma de chocolate!

Sua porção de legumes em forma de chocolate!

Modo de Preparo:

Pre aqueça o forno a 180 graus.

Coloque o chocolate picado em uma tigela e derreta em banho maria ou no microondas utilizando a potência média e checando a cada 30 segundos e mexendo para que o chocolate não queime. Eu deixei usei chips de chocolate e só quebrei em pedaços menores e usei-os assim. Queria que a galerinha percebesse que o bolo não era bem de chocolate!

No liquidificador bata a beterraba ralada, o óleo, os ovos, a baunilha e os açucares até obter um creme rosa lindo e bem sedoso. Em outra tigela peneire os secos: farinha de trigo, cacau em pó e o fermento. Misture o creme de beterraba e ovos com a farinha até incorporar.

Forre assadeiras para cupcakes com forminhas de papel forneáveis e preencha 2/3 com a mistura de bolo. Eu sempre uso uma colher de sorvete para esta tarefa. Assim, não me perco na medida e os bolinhos saem todos do mesmo tamanho.

Esta linda cor quase púrpura se transformará num bolinho de chocolate marrom clarinho. Ciência na cozinha.

Esta linda cor quase púrpura se transformará num bolinho de chocolate marrom clarinho. Ciência na cozinha.

Leve para assar por 20 minutos ou até que ao inserir um palito de dente no centro dos bolinhos este saia limpo.

Retire a assadeira do forno e transfira os bolinhos para uma gradinha para esfriar.

Para preparar a ganache, misture o chocolate picado com o creme de leite e leve ao banho maria até derreter. Deixe amornar, coloque em um saco de confeiteiro e leve a geladeira por 1 hora para firmar.

Eu nem sei qual o bico que utilizei. Acho que era o estrela e era o único que achei (zero confeiteira!!!). Depois de frios confeite os bolinhos com a ganache de chocolate.

Fui buscar o meu filho na escola e retirar o que sobrou. Nem lixo para contar a história do aniversário! 😉

Bolo malhadinho com pedacinhos cremosos de chocolate!

Bolo malhadinho com pedacinhos cremosos de chocolate!

DICAS:

  1. * Para fazer sua farinha de bolo: para cada xícara de farinha de trigo, substitua 2 colheres de sopa de farinha contida na xícara por amido de milho. Isto te dará um bolo mais leve e fofo porque conterá menor quantidade de glúten;
  2. Se quiser disfarçar mais a cor do bolinho, derreta o chocolate e misture no liquidificador com os demais ingredientes. Deixe o liquidificador funcionando e acrescente em forma de fio para que o chocolate não endureça de uma vez;
  3. A outra metade dos bolinhos foi de laranja com cenoura e cobertura de ganache de chocolate branco. A turma ficou em dúvida de qual era o melhor!! 🙂 ❤

Pudim de Claras e o sabor da infância

Esta semana estava precisando de uma comida que me reconfortasse…

Acho que foi uma dor de dente horrível que me fez lembrar do colo da minha mãe e de quando sempre tinha um remedinho prá qualquer dor… Mãe não deixam os filhos sofrer, não é mesmo?!? E em casa, além da novalgina® (!) sempre tinha uma guloseima pra fazer passar aqueles momentos incômodos.

Em vários outros posts aqui já citei o quanto minha mãe cozinhava lá em casa e como eu aprendi muito com ela. Mas nunca havia percebido que em muitos destes momentos ela estava alimentando nossos corações mais que nosso apetite voraz!

E isso me fez lembrar de um delicioso pudim de claras que ela fazia sempre. E a danada tinha muitos artifícios que não nos deixava enjoar de suas comidas. Sempre modifcava pequenos detalhes e nós, como crianças, não entendíamos estas artimanhas da “Tia Edna”!

Este Pudim de Claras apareceu com mil e uma versões lá em casa; com pudim de leite, ilhas flotantes, mas a que eu mais gostava era esta receita que compartilho com vocês. Mais simples, impossível! 4 ingredientes! Depois que aprendi fiz muitas vezes. E sempre me vinha a lembrança de estar comendo “nuvens”. E era assim que chamávamos: o doce de nuvens!

Um pouco do sabor da infância para confortar a qualquer coração (ou dente!) doente!

Pudim de Claras

Calda de Caramelo

1 e 1/2 xícaras de açucar

3/4 de xícara de água fervendo

Pudim de Claras

8 claras de ovo

16 colheres de sopa de açucar

1 fava de baunilha (pode ser substituída por raspas de limão – 1 colher de chá)

Faça o caramelo colocando o açucar em uma panela e acrescente 1/4 de xícara de água. Misture bem e leve ao fogo médio e deixe a calda ferver sem mexer. Quando a calda atingir 115 graus deverá ter cor de caramelo. Acrescente a água com muito cuidado pois irá espirrar. O caramelo irá endurecer. Continue em fogo baixo para que o caramelo derreta, mas tenha cuidado para não queimar e amargar. Despeje na forma que assar o pudim.

Pré aquecer o forno a 120 graus.

Bater as claras em neve em uma tigela muito limpa sem nenhum traço de gordura senão as claras não “sobem”. Começar a bater em velocidade baixa por 2 minutos. Aumentar para velocidade média e bater por mais 2 minutos. Aumentar para velocidade alta e acrescentar as colheres de açucar uma a uma. Abrir a fava de baunilha com uma faca e com as “costas” da faca raspar as sementes. Acrescentar às claras.

Colocar as claras batidas em ponto de neve na forma e colocar para assar em banho maria por 40 minutos. O pudim deverá estar dourado. Retire do forno e deixe esfriar sobre uma gradinha. Desenformá-lo morno. Se desenformar quente poderá quebrar. Se o fizer frio, poderá grudar na forma e não sair. Neste caso, coloque a forma por uns minutos em água fervendo.

Dica: se o caramelo ficar grudado na forma coloque-a rapidamente na chama do fogão para derrete-lo. Cuidado para não queimá-lo.

Dia das Crianças com atitude de gente grande!

Eu sempre comemorei o dia das crianças em restaurantes fast food, parques, cinema. Mas desde que fiquei grávida imaginava comemorar esta data com um grande feast ajudada pelo meu pequeno. Bem, nem sempre foi assim… Muito bebê, meu filho nem sabia do que se tratava esta data. Para ele era uma comida como outra qualquer aqui em casa.

Mas este ano resolvi fazer diferente. Com muito entusiasmo contei a ele sobre a data festiva e que deveriamos preparar o menu que ele quisesse  com muita guloseima e mãos a obra. E qual foi minha surpresa! Ele escolheu entrada, prato principal, sobremesa e guloseima. Então resolvi postar aqui o que uma criança que sabe das coisas (!) gosta de comer no dia das crianças. E o melhor é que todas as receitas são super fáceis de fazer e a garotada pode ajudar! Só lembre-se que a parte de cortar, cozinhar e assar deve ser feita por um adulto e nunca deixe sua cria sem supervisão numa cozinha!

Canudinhos de salmão defumado (serve 4)

100gr de salmão defumado em finas fatias

cream cheese

pepino

abacate

salsinha ou ciboulette para decorar

Descasque o pepino e retire as sementes. Corte-os em cuadrinhos. Faça o mesmo com o abacate. A partir daqui seu filhote pode colocar a mão na massa! Mescle o cream cheese com o pepino e o abacate. Unte o salmão com a pasta de cream cheese. Enrole e amarre com a ciboulette ou polvihe com salsinha picadinha. Eu ainda fiz umas firulas com o bico de confeitar! Afinal, estamos celebrando!

Maccaroni and cheese (serve 4)

*Perdão, mas este mac and cheese é simplesmente delicioso e super gourmet! Não há adulto que resista!

50gr de manteiga

50gr de farinha de trigo

300ml de leite

1/2 cebola

1 folha de louro

60gr de queijo gruyere ralado

40gr de queijo parmesão ralado

140gr de queijo mascarpone

sal, pimenta e noz moscada a gosto

400gr de maccaroni

Coloque o leite para ferver com a cebola e a folha de louro. Numa panela de fundo grosso prepare um roux; derreta manteiga e adicione a farinha cozinhando por alguns minutos a fogo baixo, até que tenha uma consistencia de areia de praia molhada.

Adicione o leite fervido descartando a cebola e o louro. Cozinhe por 5 a 6 minutos mexendo sempre até que tenha um creme liso e sem grumos. Você acaba de preparar um molho bechamel! Adicione os queijos gruyere e parmesão até que derretam. Salpimente e adicione noz moscada ao seu gosto. Misture o queijo mascarpone. Reserve.

Cozinhe a pasta em abundante água salgada que esteja fervendo. Eu uso a esta proporção. Quando estiver al dente escorra e sirva com o molho de queijos. Hmmmmmm!

Barcos de gelatina de camomila e frutas (faz 16 barquinhos)*

4 laranjas grandes

300ml de chá de camomila frio

400ml de suco de fruta (eu usei de melancia)

6 folhas de gelatina sem sabor

1 colher de chá de suco de limão siciliano

Açucar a gosto – eu não usei

16 palitos de churrasquinho

4 folhas de papel de arroz

Corte as laranjas pela metade. Retire toda a polpa e a membrana branca. Reserve. Ou deixe que seu pequeno se delicie, como aconteceu aqui!

Hidrate a gelatina em um pouco de agua fria por uns 5 minutos. Aqueça 100ml do chá de camomila, mas não deixe ferver. Esprema o excesso de água das folhas de gelatina e misture no chá quente. Dissolva completamente a gelatina e adicione o restante do chá frio, o suco de fruts e o suco de limão. DICA: não adicione a gelatina dissolvida ao líquido pois a tornará fibrosa!

Divida a mistura de gelatina nas metades de laranja. Deixe na geladeira durante toda a noite. No dia seguinte quando estejam firmes, corte as meias laranjas em quartos. Para facilitar aqueça uma faca em água quente.

Corte o papel de arroz em triangulos e passe o palito por eles. Espete nos “barquinhos” fazendo uma vela. Eu não tinha papel de arroz e usei papel sulfite. Só não deixe os pequenos comerem!!!

* Foto: http://www.stockfood.com/

Cookies de 3 chocolates  – Afinal é dia das crianças! (40 cookies)

125g manteiga pomada
1 xícara de açucar mascavo 220gr
1/4 xícara de chocolate em pó, peneirado
1/2 colher de chá de fermento em pó
1/2 colher de chá de bicarbonato
1 colher de chá de extrato de baunilha
1 ovo
1 1/4 xícara de farinha de trigo

1 1/2 xícara de gotas de chocolate semi amargo e branco

Aqueça o forno a 170 graus. Em uma tigela  grande misture a manteiga, o açucar, o chocolate em pó, fermento, bicarbonato e o extrato de baunilha. Bata a massa até que obtenha uma massa homogenea e lisa. Adicione o ovo e bata até mesclar.

Adicione a farinha e as gotas de chocolate e continue batendo  até que se misture. Não bata demais. A massa terá uma aperencia de grumos. Assim é para ser!

Com uma colher de sorvete retire porções de massa e coloque em uma assadeira untada com manteiga ou forrada com papel manteiga.

Deixe espaços entre suas bolas de cookies pois eles se expandirão ao assar.

Asse no forno pré-aquecido por 12 a 15 minutos. Ao retirar os cookies do forno você sentirá que ainda estão suaves. Assim que devem ser!

Deixe na assadeira por 5 minutos e depois transfira-os para uma gradinha para esfriarem completamente (se você conseguir esperar! ).

Não coma quente. Dá dor de barriga! Hahaha!! Isto dizia a minha avó!

Agora algumas dicas para os seus pequenos comerem como o meu:

– Não escondam nem disfarcem os alimentos. Ao contrário. A comida fica muito mais interessante se a criança souber o que está comendo. Não só as vitaminas e nutrientes contidas num ingrediente são importantes, mas também a consciência do paladar.

– Prepare um prato atraente. Comemos primeiro com os olhos.

– Dê o exemplo. Muitas vezes a criança não come pois não vê os pais comerem determinado alimento ou rejeitam pelo mesmo motivo.

– Leve o seu pimpolho para o mercado com você e deixe que ele escolha as frutas e verduras. Depois em casa lave, descasque, brinque com os alimentos junto com seu filho.

– Se o seu pequeno já passou desta fase e já não quer saber de comer berinjela, por exemplo, prepare-a e coma na sua frente. E deixe a disposição para que ele tenha o interesse em experimentar.

Alguns livros e sites que adoro!

http://www.annabelkarmel.com

http://www.bbc.co.uk/cbeebies/bigcooklittlecook/makes/cookbook/

http://kitchenforkids.com/welcome/about.htm

http://www.livrariacultura.com.br/scripts/cultura/resenha/resenha.asp?nitem=753295&sid=92161312412109815022250374&k5=11BFF272&uid=

E a garotada se divertiu muito fazendo e COMENDO os cookies!!!