DIY Jardinagem [Transplante de Suculenta]

Uma planta que significa muito para mim!

Uma planta que significa muito para mim!

Hoje a receita é um pouco diferente. Não envolve comida. Mas envolve o mesmo amor que dispenso nas panelas. E envolve uma panela. Bem… Uma tigela!

Resolvi transplantar uma suculenta que tenho pois ela cresceu demais e já estava me incomodando ver a coitadinha apertada no seu antigo vasinho. Eu adoro plantas, mas não sei quase nada de jardinagem. E esta planta, em especial, é muito importante para mim. Ela já tem mais de 10 anos, a idade do meu filho. E ela nasceu com ele. Ela e muitas outras que eu espero estarem vivas e lindas, espalhadas por aí.

Quando o Pedrinho nasceu eu queria dar uma lembrancinha que fosse especial como ele. Que significasse a importância da chegada dele ao nosso mundo. Queria que as pessoas cuidassem da lembrancinha como eu cuidaria dele. Foi aí que me veio a ideia de dar um vasinho com uma mini suculenta. Na época fiz um cartãozinho contanto essa história e pedindo para que as pessoas cuidassem da plantinha e deixassem ela crescer dando-lhe amor, cuidados e um caminho para trilhar. Infelizmente, eu não guardei o cartãozinho – com tantas mudanças não sei o que fiz… – nem a plantinha. Mas encarreguei minha querida sogra de cuidá-la enquanto estivéssemos fora. Assim seria como se ela acompanhasse o crescimento do neto! E ela o fez e me devolveu a plantinha linda, enorme e saudável. Assim como eu o “devolvi” para ela!

Para este projeto eu tive que pedir ajuda ao santo Google que logo de cara me mostrou um blog que me apaixonei. O HomeSweetener é o blog da Erika e traz um montão de ideias de DIY (faça você mesmo) para decoração, arrumação e até umas receitinhas! E lá eu encontrei uma mini suculenta em uma caneca, muito fofinha!

Como o mundo estava girando a meu favor, na quarta-feira eu ganhei da querida Dani, do @doceoficina uma tigela que ela iria jogar no lixo pois estava rachada. Realmente, é um perigo usar louças rachadas na cozinha, mas jogar no lixo??? Aí, a acumuladora aqui, com cara de pidona, “sugeriu” que ela me desse pois algum destino mais ecológico eu daria para a peça. E não foi mesmo?

Bem, se você é como eu, meio devagar com estas coisinhas de faça você mesmo, deixo aqui um tutorial em fotos com o passo-a-passo do meu projeto.

Ah! E só para que saibam, foi tudo feito no chão da sala do apartamento já que não tenho varanda nem lavanderia para este tipo de projeto. E no fim, deu tudo certo e a minha plantinha ficou lindona!

Um projeto que adorei fazer! Mas a primeira providência foi forrar todo o chão para facilitar a limpeza no final.

Um projeto que adorei fazer! Mas a primeira providência foi forrar todo o chão para facilitar a limpeza no final.

A danadinha já estava pulando a cerca... Criou raízes e brotou no vaso vizinho!

A danadinha já estava pulando a cerca… Criou raízes e brotou no vaso vizinho!

Coloque pedriscos ou argila expandida no fundo do recipiente para facilitar a drenagem.

Coloque pedriscos ou argila expandida no fundo do recipiente para facilitar a drenagem.

Com muito cuidado para não danificar a raiz ou os brotos retire a planta do vaso virando cuidadosamente. Descobri esta "mantinha" no fundo que também ajuda bastante na drenagem e mantem a planta úmida.

Com muito cuidado, para não danificar a raiz ou os brotos, retire a planta do vaso virando-o cuidadosamente. Descobri esta “mantinha” no fundo que também ajuda bastante na drenagem e mantem a planta úmida. 

Posicione a planta centradamente no vaso e complete com terra, pressionando com cuidado. Eu usei uma mistura de terra e humus de minhoca.

Posicione a planta centralizada no vaso e complete com terra, pressionando com cuidado. Eu usei uma mistura de terra e humus de minhoca.

E o projeto pronto. Fiquei muito satisfeita! Talvez complete com aquelas pedrinhas de jardim para dar um acabamento. O que você acha?

E o projeto pronto. Fiquei muito satisfeita! Talvez coloque aquelas pedrinhas de jardim para dar um acabamento. O que você acha?

A nova suculenta já ocupando lugar de destaque na mesinha das plantas. :)

A nova suculenta já ocupando lugar de destaque na mesinha das plantas. 🙂

Eu gostei muito do resultado final. Para quem apenas regava os vasos, fiquei orgulhosa! E você, já transplantou alguma planta? Tem algum conselho? Deixe seu comentário para que eu possa melhorar meus projetos futuros porque agora ninguém me segura! 😉

DICAS:

  1. Se você também não tem o “dedo verde” as suculentas e cactos são as plantas ideais. Elas precisam de pouco cuidado, mas muito amor. Precisam, também, de sol e luz indireta;
  2. A rega é o segredo para ter plantas sempre bonitas e saudáveis. No verão, uma rega por semana é o suficiente. Já no inverno, regue no máximo duas vezes ao mês! Molhe apenas a terra, sem se aproximar do caule ou folhas;
  3. Utilize fertilizantes e adubos próprios para cactus e suculentas;
  4. A manta que estava no fundo do vaso original é uma manta geotextil, que pode ser comprada em floriculturas. Ela funciona como uma peneira e vai garantir que o substrato não seja levado com a água durante as regas.

 

Conte-me o que achou do post:

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s