Caldinho de Feijão ganhando fama na África!! [Coletivo Gastronômico]

Quando minha amiga Geisa recebeu a oferta de se mudar para a África e assumir a área de confeitaria do Yolo Group, um grande grupo de restaurantes, eu fui a primeira a incentivá-la, muito. Ela vivia em Londres por 13 anos, tinha uma vida estável. Mais faltava algo mais em sua carreira.

Eu a conheci no restaurante Mocotó que teve vida curta em Londres – não, não é o Mocotó do Rodrigo Oliveira. Logo de cara nos tornamos grandes amigas. O restaurante fechou, cada uma foi seguir sua vida; ela em restaurantes eu em catering. Logo depois me mudei para o México, depois voltei para o Brasil, mas a amizade continuou. Skype e e-mails sempre foram nosso meio de contato. Nos vimos uma única vez nos últimos 8 anos, rapidamente no aeroporto enquanto ela esperava seu vôo de volta para Londres.

E ela aceitou o desafio. E logo me colocou um outro: venha, você, me visitar! E como eu não gosto de ser desafiada 😉 Não recusei a proposta. E com ela veio uma oferta tentadora: montar um cardápio de comida de boteco para um projeto de abrir um bar brasileiro onde antes funcionou a Brazil House, em JamesTown, Accra.

Brazil House é o berço para os afro descendentes que estavam no Brasil e resolveram voltar para o continente africano há mais de 170 anos. Ali nasceu a tribo Tabon. Parece piada, mas é verdade. Esta comunidade recebeu este nome porque tudo o que eles sabiam falar era “tá bom”.

Giselle Mastrosanti, a irmã de Geisa e uma competentíssima diretora é quem administra todas as casas do grupo Yolo e, em conjunto com a embaixada do Brasil, está mergulhada neste projeto para reativar o museu, um centro cultural e um boteco a beira mar. E é aí que eu entro. Nas duas primeiras semanas que passei em Accra fui conhecer os mercados, testar ingredientes e receitas, pois a ideia é ter uma fusão de pratos bem brasileiros com ingredientes locais. E qual não foi minha surpresa que quase todos os ingredientes que encontrei me são muito familiares. A mandioca está por toda parte. Quiabo, banana da terra, azeite de dendê, feijão preto e feijão fradinho foram outros grandes aliados na degustação.Tasting11

Saí muito satisfeita com o resultado e com a promessa de já colocar alguns dos pratos no cardápio do terraço do restaurante! E para minha grande surpresa, o caldinho de feijão foi um sucesso unanime. Divido com vocês a minha receita que ganhou o paladar dos ganeses!

Caldinho de Feijão Preto (Serve 12 porções)Tasting1

Ingredientes:

500gr de feijão preto, preferencialmente bem novo

150gr de paio ou linguiça calabresa cortada em rodelas

50gr de bacon cortado em cubos

2 colheres de azeite de oliva

3 dentes de alho picados

2 echalotas picadas

1 talo de salsão

1 gomo de coentro

1 pimenta dedo de moça (opcional)

Sal e pimenta do reino moída na hora a gosto

Modo de Preparo:

Escolha o feijão e lave sob água corrente e reserve.

Aqueça uma panela e coloque a linguiça e o bacon e deixe fritar e soltar a gordura. Acrescente o azeite o alho e a chalotas e deixe dourar juntamente com a carne. Acrescente os demais ingredientes e o feijão e cubra com 2 litros de água. Deixe ferver, reduza o fogo e cozinhe em fogo baixo por 1 hora com a panela semi tampada. Teste o feijão que deverá estar bem macio.

Tasting12

Bata todos os ingredientes no liquidificador adicionando o próprio caldo do feijão até atingir a consistência desejada. Eu gosto bem cremoso…

Sirva com cebolinha picada finamente e crisps de bacon. Para quem gosta mais picante, este molho de pimenta é um delicioso acompanhamento.

Os demais pratos servidos no menu foram:

  • Pão de Queijo Tasting3
  • Dadinhos de Tapioca com Geleia de PimentaTasting4
  • Croquete de Frango com Quiabo servido com vinagreteTasting5
  • Escondidinho de Carne SecaTasting7
  • Falso Acarajé com Bobó de CamarãoTasting8
  • Casquinha de SiriTasting9
  • Peixinho frito na crosta de castanha de caju servido com Aioli de limãoTasting10

Além de outras sugestões:

  • Quiabo tempura com aioli de chipotle
  • Cubos de abóbora e carne seca
  • Calabresa acebolada flambada na cachaça
  • Tapioquinhas de queijo coalho, carne de sol
  • Bolinho de bacalhau

O que acham? Este boteco tem tudo para dar certo?? 😉

DICAS:

  1. Para este caldinho você pode usar feijão carioca, rosinha ou até mesmo branco;
  2. Se você, como eu adora sopas, indico os blogs abaixo para saborear uma deliciosa receita. A partir deste mês o Gastronomia & + faz parte do Coletivo Gastronômico. Um grupo de blogueiros super bacanas onde dividimos receitas, palavras, histórias. Não deixem de visitar!

coletivo

My Flavors – Sopa de Couve Flor com Ervilhas Frescas, Repolho Roxo e Tiras de Frango

Ana Claudia na Cozinha – Sopa Creme de Pinhão

 A Casa Encantada – Sopa de Mandioca, Carne Seca e Couve Crisp

Na Cozinha da Gertrudes – Sopa Vermelha

Gordices – Caldo Verde

Panela e Paixão – Sopa de Capeletti e Linguiça

Se Eu fiz Você faz – Creme de Abóbora e Gorgonzola

Feijão no Prato – Creme de Legumes e Nata

O que temos hoje, Elisa? – Sopa de Carne com Legumes

Burburinho na Cozinha – Caldo de Camarão

Experimente+ – Creme de Abóbora Japonesa

Delicious by Mari – Sopa de Chocolate

Artes da Mel – Creme de Feijão Branco e Linguiça

Minha Marmita Tem – Sopa Irlandesa

Better Call San – Creme de Batatas Aveludado com Bacon

Mosaico de Receitas – Caldo Verde de “Mãe”

16 respostas em “Caldinho de Feijão ganhando fama na África!! [Coletivo Gastronômico]

  1. Pingback: Festra Retrô [Ovos recheados e ClubHouse Punch] | Gastronomia & +

  2. Certeza que foi sucesso!!! Certeza!!!!! Estávamos sentindo sua falta aqui! Que bom que voltou! Quero reunião com café e muita conversa para saber de td este passeio! Me deixou com ainda mais vontade de me aventurar por ai! Um monte de beijos nossos!

    Curtir

  3. Pingback: Coletivo Gastronômico- Sopa Creme de Abóbora | Experimente+

    • Mari, foi mesmo uma das experiências mais incríveis que tive na vida; tanto na pessoal como profissional. E a pururuca?… Não quis dividir com ninguém antes de você provar!!! 😉
      Beijos

      Curtir

  4. Pingback: Sopa de Mandioca com carne seca e couve | A Casa Encantada

Conte-me o que achou do post:

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s