O Inverno é a Estação das Conservas

Incrível como recebi muitas perguntas sobre o preparo do picles de pepino que coroavam meu hambúrguer! Nunca imaginei que tanta gente assim gostasse de picles. Mas fiquei bem feliz, pois tenho uma amiga que só não gosta como não acredita que ninguém, além de mim, coma picles!!! Viu só, Mariana?

Eu gosto muito e gosto também de prepara-los. Gosto de comida com história. Felizmente, aqui no Brasil não temos a necessidade de estocar a maioria de nossas frutas e verduras, pois temos uma abundância delas o ano todo. É… Na verdade, a hoje em dia a agricultura mudou um pouco, mas ainda não chegamos a tanto.

Mas vocês sabiam que as geleias, compotas, chutneys e picles são métodos de conservar os alimentos durante um longo período, principalmente nos lugares de inverno mais rigoroso? Assim, quando acabava o verão o pessoal do Hemisfério Norte, principalmente, teria o sabor do morango o ano todo. Mas agora em forma de geléia! Tem uma receita DE LI CI O SA aqui neste post! Lá também falo um pouco dos diferentes tipos de preparação e dos meus livros favoritos no assunto!

Mas voltando ao picles, além de ter o alimento o ano todo, confesso que adoro aquela acidez avinagrada que os picles e mesmo os chutneys deixam nos legumes e frutas. Frutas? Isso mesmo: picles de fruta! Na minha última viagem a Itália comprei um picles de pera que é um espetáculo. A necessidade faz a criatividade voar longe!…

Também adoro de beterraba, pimentões, chutney de manga… Mas vamos começar aqui pelo pepino. Prometo postar as minhas outras receitas favoritas!

Picles de Pepino (1 vidro de 500ml)

No dia do preparo os pepinos ainda estão verdinhos...

No dia do preparo os pepinos ainda estão verdinhos…

Ingredientes:

2 pepinos japonês bem firmes

2 echalotes (ou 1 cebola pequena)

2 colheres de sopa de sal

4 dentes de alho, levemente esmagado

2 folhas de louro

1/4 colher de chá de sementes de mostarda

1/4 colher de chá de cravos da Índia

1 xícara de vinagre de maçã

1 xícara de água

2 colheres de açúcar demerara

1 colher de chá de sal

Modo de Preparo:

Com uma mandolina ou faca bem afiada corte os pepinos em rodelas bem finas. Faça o mesmo com a echalote. Coloque-os em uma tigela grande e misture com o sal. Reserve por 2 horas. Após este tempo lave-os rapidamente e coloque em um vidro limpo e esterilizado, acrescentando os dentes de alho e as especiarias em camadas.

Em uma panela aqueça o vinagre, a água, o açúcar e o sal restante. Deixe ferver e desligue o fogo. Coloque esta marinada no vidro onde estão os pepinos enchendo até a boca para que não fique ar. Talvez você não precise de toda a marinada. Com muito cuidado para não espirrar o líquido quente, dê uma batidinha com o vidro na pia sobre um pano que qualquer bolha de ar que tenha se formado saia. Assim, evitaremos oxidação no preparo.

Tampe o vidro de maneira bem firme e deixe esfriar sobre a pia. Espere pelo menos 48 horas antes de consumi-los para apurar o sabor. Guarde-os na geladeira e consuma em 1 mês.

72 Horas após o preparo os picles começam a ganhar cor de sabor!

72 Horas após o preparo os picles começam a ganhar cor de sabor!

DICAS:

  1. Esta marinada é básica para vários outros tipos de legumes. Pode ser feita com beterrabas, couve-flor, rabanete e quiabo ficam deliciosos. E também pode-se dobrar a quantidade em porções iguais.
  2. Caso você queira guardar na despensa por vários meses, até um ano, deve-se fazer o vácuo em banho maria. Coloque os vidros em uma panela, cubra com água até a altura da tampa (certifique-se que está bem fechada) e deixe ferver. Conte 5 minutos e desligue o fogo. Retire os vidros com muito cuidado para não se queimar e deixe esfriar sobre uma gradinha. As tampas podem estar infladas, mas quando esfriar deverão voltar a baixar. Se isto não acontecer é porque ainda há um pouco de ar nos vidros. Consuma-os, ao invés de guarda-los na despensa.

Uma resposta em “O Inverno é a Estação das Conservas

  1. Pingback: Conservando amigos virtuais [Conserva de Funcho e Maçã Verde] | Gastronomia & +

Conte-me o que achou do post:

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s