Acumuladores de Comida [Mexidão]

Se tivesse um programa de televisão sobre acumuladores de comida aqui no Brasil eu, com certeza, participaria. Ganharia disparado, não tenho dúvida!!! calma, não se assustem. Não sou compulsiva, mas detesto desperdício, principalmente de comida.

Guardo de tudo. O trivial arroz, feijão, restinhos de carne assada, molho de tomate, marmitinhas já prontas para o momento “solteiro” do marido durante as férias… E ingredientes e sobras não tão óbvias: uma mistureba de sorvetes que farão uma deliciosa vitamina na manhã de domingo, cascas e talos de legumes e ervas para um bom caldo, vinho para brasear – vi um episódio da Nigella, há muito tempo atrás, onde ela congelava o vinho. No dia seguinte, no falecido Orkut, todo mundo caiu matando a coitada. Eu faço e digo mais: já congelei vinho para tomar dias depois e quando descongelado estava muito bom!!!

Mas voltando a minha obcessão de “acumular comida”, é certo que eu preciso controlar melhor o meu estoque e fazer sempre um inventário (nem parece que fui auditora um dia…) porque já fiquei sem potes no armário e sem espaço no freezer! Sou a rainha dos potinhos cheios de sobras no freezer esperando uma oportunidade.

Por aqui este dia foi hoje. Na verdade, a oportunidade apareceu devido a uma combinação de fatores. Passei a manhã lendo e me atualizando nos milhares de sites e podcasts que sigo e perdi a hora do almoço. Como já havia iniciado a limpeza do freezer ontem tinha uma idéia do que viria a seguir.

Encontrei deliciosos potinhos recheados com cubinhos de peixinho que sobrou de uma carne assada, um delicioso pernil desfiado que um dia serviu para rechear um sanduiche (ah… sanduiche!), arroz, cubinhos de caldo de frango e de vinho branco… O almoço estava pronto em questão de segundos. Só o ovo pochê, que corou a receita, não estava congelado! 😉

P.S. Esta é uma “receita” difícil de escrever, já que não tem receita própria. Vou deixar aqui as proporções e ingredientes que usei para te guiar. Mas vá com fé e vasculhe o freezer. Ou guarde o restinho do molho a bolonhesa da próxima macarronada!

Mexidão (Serve 4)

Um ovo pochê fresquinho para coroar a receita!

E um ovo pochê para coroar a receita!

Ingredientes:

1 colher de sopa de manteiga ou azeite 1/4 de xícara de bacon em cubinhos 1 xícara de alho poró 1/2 cebola picada 4 tomates italianos picados 3 cubinho de caldo de legumes congelado 2 cubinhos de vinho branco congelado 1 xícara de sobras de penil desfiado 2 xícaras de sobras de carne assada em cubos 2 xícaras de arroz branco cozido folhas de coentro e salsinha a gosto 4 ovos pochê

Acumuladora!!!!

Acumuladora!!!!

Modo de Preparo:

Em uma panela, preferencialmente de fundo grosso, aqueça a manteiga e acrescente o bacon. Deixe fritar. O meu bacon quase não tinha gordura (foto), por isso não precisei escorrer o excesso. Mas se você achar que tem gordura em excesso, escorra.

Acrescente o alho poró e a cebola e refogue, em fogo baixo, até amolecer e começar a dourar. Junte os tomates, o caldo e o vinho e aumente o fogo. Nesta etapa não queremos fazer um molho, mas deixar o cozido mais úmido. e os tomates em pedaços inteiros. Refogue por 2 minutos, mexendo sempre.

Junte as carnes a panela para aquecer. Por último coloque o arroz e mexa com cuidado apenas para aquecer e não ficar empapado. Experimente o tempero. Se precisar acrescente mais sal e pimenta do reino.

Polvilhe com coentro e salsinha e coroe com um ovo pochê. Se preferir pode ser um ovo frito. Mas deixo aqui um vídeo bacana de como fazer ovo pochê no micro-ondas, caso você não tenha muita prática! 😉

DICAS:

  1. Para facilitar a vida congele as sobras em porções em que vá usar e da maneira como pretende usá-las. Por exemplo: eu já guardei a carne cortada em cubinhos pois imaginava fazer uma arroz carreteiro. Os líquidos, em forminhas de gelo. SEMPRE escreva o que tem dentro do potinho e a data de congelamento e use dentro de 1 mês.
  2. Frutas que estão estragando na fruteira também viram ótimas sobremesas de última hora. Congele-as em pedaços e depois bata no liquidificador com um pouco iogurte e decore com castanhas.

Uma resposta em “Acumuladores de Comida [Mexidão]

  1. Pingback: Fim de feira… [Caponata no Forno] | Gastronomia & +

Conte-me o que achou do post:

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s