Bloqueio criativo e um pouco de improviso [Torta Rústica de Massa Folhada]

Desde segunda-feira, último dia que postei alguma coisa aqui no blog estava envolvida em um projeto que me tirou o sono e me deixou bloqueada. Tudo o que eu pensava era no texto e na receita em que estava trabalhando…

Não gosto quando tenho esses bloqueios criativos (1 por mês! kkk). Não sei se por estar muito absorvida pelo tema, não consigo desconectar ou relaxar. Mesmo lendo outros livros ou passando por outras receitas qualquer detalhes me levava ao projeto. “Ah, este detalhe eu poderia usar na minha receita!” ou “Hummm… esta ideai de decoração do prato combina com meu projeto…”. Fiquei travada.

Ontem entreguei o trabalho e por fim estava livre dos 2.000 caracteres, formatação, pimentas e chocolate! Que nada… Nem ao menos o que faria para o jantar conseguia pensar. Não poderia, pela terceira noite consecutiva, comer os testes da receita da semana. Socorro! Até o misto quente da padoca me satisfaria mais. Ou qualquer improviso da geladeira. E foi isso mesmo o que aconteceu!

Esta torta, que saiu como mágica da geladeira direto para o forno, pode ser improvisada com o recheio que você quiser, ou tiver na geladeira, na despensa, na cabeça! O improviso cabe até com a massa. A massa “original” para uma galette é uma massa muito parecida com as massa  de quiche ou tortas – farinha, manteiga, ovo – mas eu usei massa folhada pronta que estava no freezer esperando uma oportunidade para virar um mil folhas. Quem sabe na próxima!

E o recheio também foi aparecendo conforme eu abria as gavetas da geladeira, estilo “fim de feira”! Para não deixar a coitada tão improvisada e “sem nenhuma razão de ser” cortei os legumes em tiras finas e salteei rapidamente antes de irem para o recheio para adquirirem um sabor mais presente. Mas eles podem ir diretamente para a massa.

Torta rústica de massa folhada (Serve 4)

Torta improvisada que virou estrela da noite!

Torta improvisada que virou estrela da noite!

Ingredientes:

1 massa folhada pronta

1 cebola picada grosseiramente em pedaços grandes

1 cenoura pequena cortadas em tiras ou em cubos pequenos

1 abobrinha cortada em tiras ou cubos médios

1/2 pimentão vermelho sem a pele cortado em tiras ou cubos médios

2 azeitonas verdes (eu juro – tinha um vidro na geladeira com 2 azeitonas…)

1/4 de xícara de queijo tipo feta

1 raminho de alecrim

azeite de oliva, o quanto baste

sal e pimenta, o quanto baste

1 gema de ovo misturada com 1 colher de chá de água, para pincelar a massa

É importante manter os cortes em proporções diferentes pois os legumes têm tempos de cocção diferentes.

É importante manter os cortes em proporções diferentes pois os legumes têm tempos de cocção diferentes.

Modo de Preparo:

Se a massa estiver congelada retire-a com 12 horas de antecedência e deixe descongelar na geladeira. Como no meu caso foi no improviso, deixei descongelar em cima de uma assadeira, fora da caixa de papelão, pois o metal da assadeira é um bom condutor de calor e “acelera” um pouquinho o processo. Assim que conseguir desenrolar a massa, retire-a do plástico e coloque sobre um papel manteiga e que deverá estar por cima de uma assadeira. Com um garfo faça furinhos na massa para ela não “inflar” ao assar.

Aqueça o forno a 200 graus.

Em uma frigideira, acrescente 1 colher de sopa de azeite e salteie rapidamente os legumes, começando pela cenoura, cebola, abobrinha e pimentão. Acrescente o alecrim e deixe cozinhar por 2 a 3 minutos mexendo sempre. Coloque em uma peneira para que o caldo dos legumes escorra e não deixe a massa “empapada”.

Coloque os legumes sobre a massa caprichando na decoração! Eu fiz um círculo começando com um “enroladinho” de cenoura e abobrinha, depois o pimentão, a abobrinha, a cenoura e a cebola. Despedace o queijo sobre a torta e enfeite com a azeitona e tempere com sal e pimenta do reino.

Capriche na disposição dos legumes. esta é a parte mais difícil da receita!

Capriche na disposição dos legumes. esta é a parte mais difícil da receita!

Dobre a massa de maneira rústica, formando um círculo enrolando as pontas de fora para dentro. Pincele a massa com a mistura de gema.

Leve ao forno pre aquecido por 40 minutos ou até que as bordas estejam bem estufadas e douradas e os legumes levemente queimados. Hummm. Sirva imediatamente.

Esta borda crocante valeu, e muito, ter usado a massa folhada

Esta borda crocante valeu, e muito, ter usado a massa folhada

DICAS:

  1. Use o recheio que tiver em casa e seja criativa. Só tenha cuidado com recheio com muito molho ou caldo. Escorra antes para não empapar a massa e prejudicar que ela fique folhada.
  2. Cuidado com queijos, também. Queijos que derretem facilmente não são uma boa pedida. Eles escorrerão antes que a massa esteja assada por completo…

Conte-me o que achou do post:

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s