Up Cooking – Instituto Chefs Especiais [Nhoque de Batata Doce Roxa]

Ontem participei de uma aula. As palavras que mais se ouviam eram: “amor, felicidade, conquista, agradecimento…” Era uma aula de culinária. E aconteceu na sede do Instituto Chefs Especiais.

Conheci o trabalho do Instituto no ano passado e fui até lá como a maioria das pessoas que se voluntariam. Queria doar meu tempo, mas que fosse com algo que eu gostasse de fazer: cozinhar. O início foi difícil. Percebi que quem mais precisava de ajuda ali era eu. Ajuda em controlar meus sentimentos ao perceber que nada nesta vida é impossível. Ver aquelas pessoas ao meu redor segurando uma faca, cortando os legumes, moldando hambúrgueres foram me dando a confiança necessária para o que eu tinha ido fazer ali que era ensinar e ajudar a cozinhar. Me senti em casa. Me senti na minha cozinha orientando meus auxiliares, passando meu conhecimento de culinária.

E eu também aprendi. Aprendi a lidar com situações difíceis, mas não impossíveis. Aprendi que como tudo na vida é preciso entender as necessidades e oferecer a ajuda adequada. Houve uma troca instantânea de conhecimentos. Enquanto eu orientava em relação ao ponto da massa no nhoque, aquelas pessoas me ensinaram a conviver com o diferente e a enxergar o quão igual isso é.

Todos somos deficientes em algo nesta vida, mas se formos capacitados corretamente, podemos vencer nossos obstáculos e seguir em frente. Não é diferente com o Henrique, a Paola, a Julia, o André e tantos outros que pelo Instituto passam todos os dias… E eles venceram. Completaram mais uma parte da missão de suas vidas. Com um prato de cada vez! 😉

E aqui não tem nada de down; é muito Alto Astral, Sempre!

Para saber mais e apoiar o Instituto Chefs Especiais clique aqui.

“Chefs Especiais – trabalho gastronômico inclusivo pioneiro e inovador para pessoas com  Síndrome de Down que atua desde  2006, criado pelo casal paulistano Simone Berti e Márcio Berti  porque queriam disponibilizar parte do seu tempo e energia para uma causa social em retribuição às coisas boas que a vida lhes proporciona.”

Nhoque de Batata Doce Roxa – Paula Labaki (Serev 4)

Foto: Instituto Chefs Especiais
Foto: Instituto Chefs Especiais

Ingredientes:

3 batatas doces roxas grandes

1 ovo grande ligeiramente batido

Raspas da casca de 1 limão siciliano

150gr de farinha de trigo, aproximadamente

20gr de farinha de sêmola, aproximadamente

100gr de manteiga

Raspas da casca de 1 laranja baia

folhas de sálvia fresca

sal e pimenta do reino, o quanto baste

1 xícara de queijo pecorino ralado

 Foto: Instituto Chefs Especiais


Foto: Instituto Chefs Especiais

Modo de Preparo:

Cozinha as batatas com a casca. Deixar esfriar, descascar e amassar depois de frias.

Em uma tigela colocar as batatas com o ovo, as raspas de limão e uma pitada de sal e misturar bem. Acrescentar as farinhas aos poucos até dar o ponto amassando com as mãos. O ponto ideal é quando a massa começa a desgrudar das mãos, mais ainda está macia. Vá adicionando a farinha com cuidado pois muita farinha na massa fará com que o nhoque fique muito pesado.

Em uma bancada coloque um pouco de farinha de trigo e vá fazendo rolinhos de aproximadamente 2cm e corte os nhoques.

Cozinhe em abundante água fervente até que a massa suba a superfície. Assim sabemos quando o nhoque está cozido! Coloque em uma tigela com água com gelo para parar o cozimento e o nhoque não ficar grudento.

Em uma frigideira grande derreta a manteiga e acrescente as folhas de sálvia e as raspas de laranja. Deixe em fogo médio por uns 2 minutos até amendoar. Coloque um pouco da água do cozimento para formar um molho. Corrija o tempero com sal e pimenta do reino. Acrescente o nhoque e salteie por mais 1 minuto. Sirva com bastante queijo.

Simone Berti - nosso anjo da guarda! Foto: Instituto Chefs Especiais

Simone Berti – nosso anjo da guarda!
Foto: Instituto Chefs Especiais

DICAS:

  1. Caso não encontre a batata doce roxa pode ser feito com qualquer outra batata doce, mandioquinha, batata…
  2. Pense sempre em como ajudar o próximo. Todos os dias alguém aí fora precisa de ajuda. Quando não somos nós mesmos…

Conte-me o que achou do post:

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s