Histórias Cruzadas [Bolinhos de Chuva da Tia Anastácia]

Hoje não estava nos meus planos escrever, muito menos cozinhar logo cedo. Mas a chuva me “prendeu” em casa. Vários fatores conjuminaram para este post e para esta receita, além da chuva, para ser bem sincera.

Ontem meu filho foi ao estádio de futebol ver o time do coração e voltou muuuito tarde. Eu desaprovo, mas o pai – também um torcedor “roxo”, quer me convencer de o ato de levá-lo ao estádio no meio da semana, em dia de escola, voltar de madrugada, também está ajudando a formar “o homem” que ele será. Ã??? Será que eu estou tão por fora assim? Ou sou tão radical? Não sei. O que sei é que tinha uma criança envolvida num sono profundo as 8 da manhã e muita chuva caindo lá fora. Dá pra ser mais gostoso? Sim, dá!

Na segunda-feira recebi uma doação bacana de muitos livros, dentre eles de culinária, turismo, moda e saí pela cidade distribuindo este presente. Os livros de culinária – confesso que fiquei com dois, mas 1 será um presente – fui entregar na sede do Instituto Chefs Especiais, que é uma instituição incrível onde chefes de cozinha, voluntariamente, dão aulas para pessoas com síndrome de Down. (Clique no link para saber mais sobre este trabalho especial que a Simone o Márcio fazem por lá)

Ao tirar uma das caixas do carro, uma revista caiu em cima dos meus pés. Coloquei-a de volta na caixa e ao entregar a caixa para o pessoal do instituto esta mesma revista caiu novamente, mas desta vez aberta na página da receita que hoje divido com vocês. Achei que a revista deveria ser minha. Até porque neste momento chovia muito!

E é aí que as histórias todas se cruzam! Por que não preparar estes deliciosos bolinhos de chuva para o café da manhã do meu “homenzinho em formação” que dorme profundo nesta manhã chuvosa?

Lá fui eu para a cozinha!

Bolinhos de Chuva da Tia Anastácia (Serve 24 bolinhos)

Será que este carinho todo não ajuda na formação do nosso homenzinho, tb? #maecoruja

Será que este carinho todo não ajuda na formação do nosso homenzinho, tb? #maecoruja

*Esta receita foi publicada na Revista Gosto 25 – Outubro de 2011 – fiz pequenas adaptações

Ingredientes:

1 1/2 xícaras de farinha de trigo

1/2 xícara de farinha de trigo integral

1/2 colher de sopa de fermento em pó

2 pitadas de sal

2 ovos

1/3 de xícara de açucar demerara

2 colheres de manteiga

1 colher de chá de essência de baunilha

1 xícara de leite integral

1 xícara de iogurte

Óleo para fritar

Açúcar e canela para polvilhar

Modo de Preparo:

Em uma tigela peneire as farinhas com o fermento e o sal.

No liquidificador bata os ovos com o açucar por 1 minuto. Acrescente os demais ingredientes e bata até obter uma mistura volumosa.

Aos poucos vá incorporando essa mistura às farinhas para formar uma massa lisa e homogênea. É preciso bater bem para deixar a massa aerada. Deixe a massa descansar por 30 minutos na geladeira. Estes são os segredos da leveza dos bolinhos!

Tia Anastácia, me perdoe, mas adaptei um pouquinho a sua receita...

Tia Anastácia, me perdoe, mas adaptei um pouquinho a sua receita…

Coloque abundante oleo vegetal para aquecer em uma panela. Com auxílio de duas colheres de sopa (eu utilizei uma colher de sorvete) faça bolinhas e frite-as, virando sempre para que dourem por igual. Mantenha o fogo baixo para que a temperatura não se eleve e os bolinhos fiquem crus por dentro.

Retire-as do oleo e deixe escorrer sobre papel absorvente. Passe no açucar e canela e coma ainda morno olhando a chuva pela janela de casa…

“Em Viagem ao Céu, Tia Anastácia passa uma temporada na Lua preparando seus bolinhos celestiais para São Jorge e só volta ao sítio, para desgosto do Santo, porque morre de medo dos bafos do dragão.”

Chuva lá fora, chuva aqui dentro!

Chuva lá fora, chuva aqui dentro!

DICAS:

  1. Outros sabores podem ser incorporados à massa como raspas de laranja, essência de amêndoas, até mesmo pedacinhos de banana.
  2. Caso não queira fritar, esta é a mesma massa para as panquecas americanas. Unte uma frigideira com manteiga e espalhe a massa. Deixe cozinhar por 5 minutos de cada lado em fogo baixo.

2 respostas em “Histórias Cruzadas [Bolinhos de Chuva da Tia Anastácia]

Conte-me o que achou do post:

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s