Todos temos o direito a produtos bons, justos e limpos!

U-FA!

E a turma toda se despede… Foto: Gastrocomunição

E a turma toda se despede…
Foto: Gastrocomunição

Depois de mais de 40 horas de evento, 20 mil pessoas participantes (isso mesmo: 20.000!), 50 palestrantes, 100 produtores familiar, 106 aulas, 3 Jantares Magnos, food trucks, barracas de comidas, degustações, sorrisos, alegrias, novas amizades… O Semana Mesa SP chegou ao fim com vários  compromissos com a agricultura familiar, com o alimento em si, com o consumidor final de ter acesso a um produto bom, justo e limpo!

E nós, cozinheiros, amantes da gastronomia, simples mortais que queremos aportar uma semente do bem a este mundo, também temos que fazer a nossa parte. Que tal assumir 1 compromisso por dia? É muito? Que tal 1 por semana, então?

Deixo aqui umas idéias que farão a diferença, pode ter certeza!

  • Coisas simples como ir a feira, ao invés de um grande supermercado, e perguntar ao teu feirante se ele sabe a procedência dos legumes, verduras, frutas que vende em sua barraca;
  • Consumir, pelo menos 1 vez na semana, produtos orgânicos;
  • Divulgar produtos de pequenos produtores ou projetos engajados em melhorar a agricultura familiar e/ou a sustentabilidade;
  • Plantar uma horta, mesmo que em um vasinho na sacada do apartamento – eu tenho a minha na pia da cozinha, pois nem  sacada eu tenho!
Horta de Apartamento com majericão orgânico do Instituto Guandu

Horta de Apartamento com majericão orgânico do Instituto Guandu

Eu vou divulgar o meu aqui! Numa emocionante palestra da chef Ana Luiza Trajano, do restaurante Brasil a Gosto, fui apresentada a uma das linguiças mais deliciosas, se não a mais, que já comi na vida!

A linguiça é preparada artesanalmente pela Linguiçaria Real Bragança, com carne de porco da raça Montau. Estes porcos são criados soltos na Fazenda Santo Antonio da Água Limpa, em Mococa, interior de São Paulo. A carne, leva pouquissimo tempero, pois de acordo com a chef, já está “naturalmente marinada” pelas frutas, folhas, verduras que o porco come quando é criado solto. Seu João, o produtor e uma fofura de pessoa, cria também vaca, carneiro, galinha, galinha d’angola, pavão, cavalo dentre outros animais. De acordo com a sua filosofia quanto mais diversidade de animais existirem neste ambiente mais diversificada será a mata, pois cada animal “planta uma planta”! Que LINDO isso! E o melhor de tudo é que a Fazenda é também uma hospedaria! Imaginem se eu já não fiz minha reserva prá passar um fim de semana por lá??


“Entendemos que uma verdadeira floresta precisa de animais, e da mesma forma que trabalhamos com plantas nativas e exóticas, criamos habitats para repatriar os animais silvestres juntamente com a criação de bovinos, eqüinos, suínos, galinhas, ovinos… Proporcionando uma moradia confortável para a fauna e a flora; Tudo isso nos proporciona um ambiente farto e acolhedor, onde podemos cumprir nossa missão com sustentabilidade e saborosas colheitas.”

Porcos felizes são mais saborosos! Foto: Fazendo Sto Antonio Agua Limpa

Porcos felizes são mais saborosos!
Foto: Fazendo Sto Antonio Agua Limpa

E se você já está com água na boca aqui vai a “receita” do prato que a Ana Luiza preparou no evento!

Linguiça de Porco Montau e Castanha do Pará com Farofa de Biscoito Polvilho (Serve 2 pessoas)

Linguiça com Castanha do Pará, Farofa de Biscoito e Queijo Arupiara

Linguiça com Castanha do Pará, Farofa de Biscoito e Queijo Arupiara

Ingredientes:

500gr de linguiça com castanha do Pará Linguiçaria Real Bragança

1 fio de óleo de castanha (pode-se usar qualquer óleo vegetal de sabor suave)

1 colher de sopa de manteiga

1 cebola pequena bem picada

1 pacote de biscoitos de polvilho triturado (a chef disse para usar as migalhas que ficam no fundo do saco, mas eu duvido que você consiga juntar aquelas migalhas deliciosas sem cair na tentação de virar o saquinho direto na boca e fazer a maior sujeira! 😉 )

Sal e pimenta do reino a gosto

60ml de vinho branco

Fatias de queijo de Cabra Arupiara da Fazenda Carnaúba (a venda na A Queijaria)

Modo de Preparo:

Colocar uma frigideira para esquentar. Quanto estiver bem quente acrescentar o óleo de castanha e as linguiças. Deixar dourar em fogo alto virando após 5 minutos. Repetir o processo. Tampar e baixar a chama do fogo para mínimo e terminar de cozinhar por mais 10 minutos. Se for necessário, mas somente se necessário for (!), acrescente um pouquinho de água para não queimar.

Em outra panela, coloque a manteiga e aqueça em fogo médio. Acrescente a cebola e deixe murchar, por uns 5 minutos. Misture o biscoito de polvilho triturado e faça uma farofinha. Tempere com sal e pimenta, lembrando que o biscoito já é salgado.

Após estarem cozidas retire as linguiças da frigideira e reserve por um instante. Coloque o vinho branco na frigideira e deglasse o fundo, formando assim um molho (a chef fez um demi glace de porco para servir, mas não seremos tão alta gastronomia nesta receita!)

Em um prato para servir coloque a farofa, por cima a linguiça e ao lado as fatias de quejio. Regue com o molho e não espere mais. É muita tortura!!!

Fornecedores:

Linguiçaria Real Bragança

Fazenda Santo Antonio da Água Limpa

Fazenda Carnaúba e Laticínio Grupiara

A Queijaria

Instituto Guandu

Brasil a Gosto

E se você pensa que eu estou ganhando alguma coisa divulgando todo esse pessoal aí, saiba que estou sim. Estou ganhando a oportunidade de cada vez mais ter acesso a produtos bons, justos e limpos!

 

3 respostas em “Todos temos o direito a produtos bons, justos e limpos!

  1. Pingback: Mudança de Hábitos [Peixe Assado na Crosta de Sal Grosso] | Gastronomia & +

  2. Pingback: O dia em que almocei com Jamie Oliver! | Gastronomia & +

Conte-me o que achou do post:

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s