Rabada Desengordurada com Agrião

Agora que resolvi fechar as portas do meu catering, temporariamente, para cuidar da minha volta ao Brasil, vou postar as minhas melhores receitas e segredos por aqui! Que sorte a de vocês! ;)

Na verdade, não é justo deixar os meus clientes na mão. E comer bem é um direito de todos! Então, se você já comeu esta rabada, sinta-se muito sortudo(a) e guarde este tesouro no teu cofre. Se você não teve esta sorte, ainda, prepare-se!!

Esta receita é uma adaptação de várias outras que eu fui compilando e foi a receita que eu usei para a famosa “Rabada do Rached”. Um presente de aniversário para um grande amigo que rendeu elogios e suspiros e uma imensa vontade de “quero mais”.

Mas se já está torcendo o nariz ao ler este post, pode parar de lê-lo AGORA!!! Só vou entender se você conseguir me convencer de que a carne do rabo do boi não é saborosa. E se nunca experimentou, nem fale mais comigo. Não gosto de gente preconceituosa!!! O rabo do boi não tem nada de mais. Fica ali, abanando prá lá e prá cá…

Pensando bem, tem sim! Tem muita gordura e recobre todo o osso do rabo. E como toda carne com osso e gordura é muito saborosa.

Ah… Aposto então que tua desculpa ara não comer rabada é a gordura? A minha não. Leia com atenção a receita e só não deixe a saliva cair em cima do teclado!!!

Rabada (serve 6 pessoas)

Perca o preconceito para não perder o prazer!

Perca o preconceito para não perder o prazer!

O ideal é iniciar esta receita pelo menos 1 dia antes de servir

Ingredientes:

2 kilos de rabo de boi cortado em pedaços médios (como todo ingrediente, quanto mais fresco melhor! Este rabo que cozinhei estava tão fresco que quando o açougueiro deu a primeira machadada para cortá-lo espirrou sangue prá todo lado! Quase uma bendição!!!)

4 limões ou vinagre, o quanto baste

sal e pimenta do reino a gosto

1 cebola branca grande

4 dentes de alho

4 ramos de alecrim

4 ramos de tomilho

1 punhado de talos de salsinha

400 ml de vinho tinto

2 folhas de louro seco

2 latas de tomate picado

caldo de carne ou água, o quanto baste

2 maços de agrião lavados e escorridos

Modo de Preparo:

Limpe os pedaços de carne retirando o excesso de gordura (só o excesso) e os nervos. Passar os limões ou o vinagre e lavar em água corrente. Secar e temperar com sal e pimenta do reino. Reservar.

Em um processador de alimentos colocar a cebola, alhos, as ervas sem os talos e picar. Juntar o vinho e regar a carne. Tente fazer uma única camada de carne em uma panela ou travessa para que todos os pedaços fiquem na marinada. Cobrir com plático e deixar a carne na marinada por, no mínimo, 12 horas, na geladeira.

Ingredientes da melhor qualidade!

Ingredientes da melhor qualidade!

Marinando...

Marinando…

No dia seguinte, retirar a carne da marinada e secar bem com papel toalha. Aqueça o forno a 180 graus. Em uma panela grande, que possa ir ao forno, dourar os pedaços de rabo. Não coloque muitos pedaços ao mesmo tempo na panela. Se necessário repita a operação. Colocar a carne de volta na panela, acrescentar a marinada, 2 folhas de louro, os tomates picados e cobrir com o caldo de carne ou água. Deixe ferver e retire a espuma que se forma na superfície.  Prove o sal e a pimenta. Tampe a panela e coloque para cozinhar no forno por 1 hora, ou até que a carne esteja bem macia, quase soltando do osso. Hummmmm. (Se você preferir usar panela de pressão, cozinhe por 30 minutos, ou até que a carne esteja macia).

Separe a carne do molho e deixe ambos esfriar. A carne deve ser guardada na geladeira até o momento de ser usada. A gordura do molho, ao esfriar, se solidificará e será muito fácil de retirá-la com uma colher (que segredão!!!). Este processo pode demorar 24 horas. Já sem a gordura o molho deverá ser guardado na geladeira ou utilizado de imediato.

Ninguém quer esta gordura, né?

Ninguém quer esta gordura, né?

No dia da rabada, coloque o molho desengordurado numa panela e deixe ferver. Coloque as carnes no molho e ferva, novamente, a fogo lento. Prove o sal e a pimenta. No momento de servir coloque o agrião sobre a rabada e abafe por alguns segundos. Eu gosto do agrião fresquinho por cima, não todo murcho… Este maná eu sirvo com mandioca cozinha ou polenta mole.

Limpe a baba, por favor!

P.S. A melhor “cantada” pra quem cozinha: “Tua comida me lembra da minha mãe!”. Obrigada, Eduardo!!!

Com muuuuito agrião. Casamento perfeito!

Com muuuuito agrião. Casamento perfeito!

2 respostas em “Rabada Desengordurada com Agrião

  1. Pingback: É canja, é canja, é canja de galinha | Gastronomia & +

  2. Pingback: Nǐ hǎo! Na China como os chineses… | Gastronomia & +

Conte-me o que achou do post:

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s